Terça-feira, 19.09.17

Igreja Antas (9).JPG

 

No próximo dia 24 de Setembro, domingo, a comunidade paroquial de S. Tiago de Antas, do Arciprestado de Vila Nova de Famalicão, acolhe o seu novo pároco.

A paróquia dá as boas-vindas ao seu novo pastor, o P.e José Domingos Fernandes de Oliveira, sacerdote comboniano, às 10h30, com a celebração da Eucaristia. O novo pároco substitui nesta missão o P.e Agostinho Carvalho Alves, também sacerdote dos Missionários Comboniamos, que foi “dispensado, a seu pedido e por razões de idade, com a gratidão da Arquidiocese e da comunidade que serviu”.

Esta alteração de pároco surge na sequência das nomeações do Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, tornadas públicas na segunda quinzena de Julho, no que respeita às mudanças de párocos em toda a Arquidiocese, nomeadamente no Arciprestado de Vila Nova de Famalicão, e que agora, prestes a iniciar-se um novo ano pastoral, se concretiza na prática.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:25 | link do post | comentar

Sábado, 16.09.17

 

foto crismandos media.jpg

20170909_230525_resized.jpg

 

“Porque é que eu Acredito?” foi a pergunta que interpelou 49 crismandos provenientes das comunidades São Miguel de Jesufrei, Santa Maria de Arnoso, São Pedro de Esmeriz, Santa Eulália de Palmeira e São Cristóvão de Cabeçudos, do Arciprestado de Vila Nova de Famalicão, acompanhados de 9 catequistas, num encontro que decorreu no Convento do Montariol, em Braga, nos dias 9 e 10 de Setembro. Com esta provocadora questão, os crismandos, animados pelos franciscanos, catequistas e párocos, puderam reflectir sobre “as verdades mais fundamentais e radicais da fé”.

O fim-de-semana começou cedo com a viagem das comunidades até Braga. Chegados ao local forma acolhidos com um abraço fraterno dos irmãos franciscanos que aguardavam os crismandos para dar início às actividades previstas. Durante a manhã, todos foram desafiados a procurar e a descobrir “o que motiva a sua fé” com um peddy papper realizado na mata do convento. Posto isto, tiveram a oportunidade de, em plenário, partilhar as experiências, as dificuldades e as descobertas daí decorrentes.

Depois do almoço, também ele partilhado entre todos, os crismandos receberam um novo desafio: “meditar sobre as razões que os leva a celebrar o Sacramento da Confirmação”. Divididos por grupos foram apresentando os seus argumentos e escrevendo as suas partilhas, pois o desafio tinha continuidade. Teriam ainda uma jornada de caminho até ao Paço Episcopal. Aí iriam visitar o Arcebispo Primaz, D. Jorge Ortiga, assim como os Bispos Auxiliares, e dizer-lhes o que realmente os motiva a receber o Crisma. Depois de alguns quilómetros, música, alegria e muitas expressões de fé pelas ruas, os crismando finalmente chegaram ao Paço.

Com um abraço de pai e amigo foram recebidos pelo Bispo Auxiliar D. Nuno Almeida, que os acolheu com alegria e música. De seguida, puderam visitar e conhecer todas as divisões da casa episcopal, até terminar em oração na capela.

Depois do jantar, os jovens crismandos foram desafiados “a sair da sua zona de conforto e depositar mais confiança nos outros”. De facto, a dinâmica tinha como objectivo “tocar, marcar, colorir a vida dos outros, ou seja, ajudar cada crismando a reconhecer que a celebração do Crisma marca as suas vidas, mas também a vida do próximo e das suas comunidades”.

No domingo, o dia amanheceu com a paz própria do Montariol e, depois da oração da manhã, os crismandos adentraram um pouco mais “na maravilha do Sacramento da Confirmação e suas consequências, os dons e frutos do Espirito Santo, as portas que se abrem, os compromissos que se fortalecem, as esperanças que o Sacramento há-de gerar na vida de cada um e suas paróquias”.

O fim-de-semana terminou “da forma mais bela e plena de graça, em atitude de acção de graças, na Eucaristia”. Para esta celebração os crismandos receberam a visita dos seus pais. As famílias começaram a sua peregrinação de uma ponta do convento até ao local da Eucaristia, mormente, bem no interior da mata. Em perfeita harmonia com a natureza celebraram a Eucaristia, “onde Cristo Se revela na Sua totalidade no Pão e no Vinho, sinais da Sua entrega amorosa por cada um”. A partir das palavras do frei Bruno, foram desafiados “a ser como um espelho que reflecte, isto é, a partilhar as razões que realmente os levam a acreditar, a partilhar com coragem e esperança a paz, a bondade e o amor que vem de Deus”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 14:50 | link do post | comentar

Quinta-feira, 31.08.17

Cartaz.Dia.Arq.Catequista.jpg

 

No próximo dia 9 de Setembro, sábado, realiza-se o Dia Arquidiocesano do Catequista, em Braga, no Santuário de Nossa Senhora do Sameiro. Esta iniciativa, promovida pelo Departamento Arquidiocesano da Catequese, tem lugar, à semelhança dos anos anteriores, no segundo sábado de Setembro, numa altura em que se aproxima a abertura de mais um ano catequético em todas paróquias, congregando milhares de catequistas provenientes de toda a Arquidiocese de Braga.

Naquele que será o primeiro ano pastoral de um triénio dedicado à temática da Esperança por parte da Arquidiocese, incidindo de modo particular sobre “Despertar Esperança”, este dia estará subordinado ao tema “A Beleza de Evangelizar”, contando com um programa recheado de propostas de formação e oração, pontuado também por agradáveis momentos de convívio e partilha.

Deste modo, o encontro inicia com o acolhimento e a oração, marcados para as 9h30 na Cripta do Santuário. Segue-se depois, por volta das 10h15, uma conferência dedicada ao tema “Catequese de Gestação” orientada pelo P.e Tiago Neto.

A partir das 11h15 e até por volta das 15h30, os catequistas poderão distribuir-se livremente por várias iniciativas a decorrer em simultâneo, como é o caso de um Pedipaper dedicado ao tema central do dia, cujos postos serão preparados e apresentados pelas Equipas Arciprestais de Catequese da Arquidiocese a partir de diferentes expressões retiradas da Exortação Apostólica do Papa Francisco “A Alegria do Evangelho”. Ao mesmo tempo, os catequistas poderão também visitar as Tendas de Oração com os cânticos de Taizé. Ao longo do dia, quem assim o desejar, poderá também celebrar o Sacramento da Reconciliação ou rezar diante de Jesus Eucaristia.

O encontro termina com um novo momento de oração, às 16h00, que “enviará os catequistas para a sua missão evangelizadora, carregada da beleza de ajudar cada irmão a viver a alegria do encontro pessoal com Jesus Cristo, despertando Esperança no coração de cada comunidade”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 16:32 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.08.17

regina-mundi11b.jpg

 

À vossa direita, Senhor,

 está a rainha, ornada com ouro de Ofir.”

(Salmos 44 (45), 10)

 

 

“Com tal exaltação da «excelsa Filha de Sião» mediante a Assunção ao Céu, está conexo o mistério da sua glória eterna. A Mãe de Cristo, efectivamente, foi glorificada como «Rainha do universo». Ela, que na altura da Anunciação se definiu «serva do Senhor», permaneceu fiel ao que este nome exprime durante toda a vida terrena, confirmando desse modo ser uma verdadeira «discípula» de Cristo, que teve ocasião de acentuar fortemente o carácter de serviço da sua missão: o Filho do homem «não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate de muitos» (Mt 20, 28). Por isso, Maria tornou-se a primeira entre aqueles que, «servindo a Cristo também nos outros, conduzem os seus irmãos, com humildade e paciência, àquele Rei, servir ao qual é reinar»; e alcançou plenamente aquele «estado de liberdade real» que é próprio dos discípulos de Cristo: servir quer dizer reinar!”

(S. João Paulo II, A Mãe do Redentor, 41)

 

 

Maria,

Rainha e Senhora nossa,

Ensina-nos a contemplar o tesouro da Fé no Senhor Jesus Cristo,

Para O servirmos com amor maior e O anunciarmos com firme esperança!

 

          

Ave-Maria, cheia de graça,
O Senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres
E Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus,
Rogai por nós, pecadores,
Agora e na hora da nossa morte.

Amém.

 

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 11:59 | link do post | comentar

Sábado, 29.07.17

IMG_3389.JPG

 

IMG_3397.JPG

 

IMG_3421.JPG

 

Dando continuidade a uma actividade já com alguma tradição, decorreu na última quinta-feira, dia 20 de Julho, o passeio anual do Clero do Arciprestado de Vila Nova de Famalicão. Este encontro, que marca o final de mais um ano pastoral, isto é, o final de tempos de esforço, dedicação e entrega a tão diferentes iniciativas arciprestais e paroquiais, contou com a presença de D. Nuno Almeida, Bispo Auxiliar de Braga, que quis acompanhar os dezanove sacerdotes e os dois diáconos participantes, que tiveram oportunidade de viver um dia diferente, de convívio e confraternização, realizando, desta feita, uma visita pelas cidades de Ílhavo e Aveiro.

Assim, do mesmo modo que Jesus, no regresso dos discípulos enviados em missão, se quis retirar com eles para descansarem, conforme atesta o Evangelho, também os sacerdotes dedicaram este dia ao descanso físico e mental e ao fortalecimento dos laços de companheirismo que os unem.

No início do passeio, D. Nuno, num registo de muita proximidade e familiaridade, “saudando a todos com muita amizade”, salientou que “ao participarem neste convívio que conclui o ano pastoral, este não se tratava de um dia para realizar muitas actividades, mas para viver e contemplar, ou seja, sobretudo para ‘con-viver’”! O prelado acrescentou que “passamos este dia juntos para crescermos na fraternidade. Não há nada de mais belo e precioso do que viver unidos com Jesus entre nós!”

Confiando também a Maria a viagem e o dia, o Bispo Auxiliar enfatizou que “o êxito deste convívio não está dependente do tempo (mais calor, ou menos calor), da paisagem exterior, dos imprevistos…, mas da comunhão e amizade que construímos a cada instante, a partir dos nossos gestos e palavras”.

Quanto ao roteiro do dia, a manhã foi passada em Ílhavo, onde depois de uma visita pela cidade, os sacerdotes retemperaram forças no almoço.

Da parte da tarde o grupo passeou pela cidade de Aveiro, não faltando o passeio de barco pela Ria. Visitaram ainda o Centro histórico e seus canais, o Museu da Confeitaria dos Ovos Moles e o Aquário dos Bacalhaus do Museu Marítimo de Ílhavo.

A tarde terminou com um jantar em leça da Palmeira. No final da refeição, D. Nuno Almeida endereçou cumprimentos a todos também em nome do Arcebispo Primaz, D. Jorge Ortiga. O Arcipreste de Vila Nova de Famalicão, o P.e Armindo Paulo Freitas, desejou umas boas férias a todos.

 

                                                  Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 23:34 | link do post | comentar

Quinta-feira, 27.07.17

clero famalicão.JPG

 

Passeio/convívio do Clero do Arciprestado de Famalicão

 

Mais um ano pastoral que está a chegar ao seu fim. Um fim que é um termo de atividade, iniciativas, preparações, e exceções de planos e atividades pastorais. Foram tempos de esforço, dedicação, entrega a tão diferentes iniciativas arciprestais e paroquiais.

Um fim que não apenas cronológico, mas como finalidade de uma caminhada e processo de crescimento humano e de fé. Este fim é o que mais importa: gradualmente irmo-nos encaminhando para a plena realização do projeto de Deus para o seu povo.

Neste duplo fim, os padres do arciprestado quiseram fazer um encontro de encerramento com um passeio/convívio.

Também Jesus, no regresso dos discípulos enviados em missão, se quis retirar com eles para descansarem. Marcos, no capítulo 6, versículos 30 a 32 conta-nos o seguinte: “Os apóstolos voltaram e, reunindo-se com Jesus, contaram-lhe tudo quanto tinham feito e ensinado.

Havia tanta gente indo e vindo que Jesus e seus apóstolos não tinham tempo sequer para comer. Então Jesus lhes disse:

- Venham comigo. Vamos sozinhos encontrar um lugar tranquilo para descansar um pouco. E eles partiram de barco, sozinhos, para um lugar sossegado.”

O destino escolhido para descasarmos física e mentalmente, confraternizarmos e fortalecermos laços de companheirismo foi a cidade de Aveiro e Ílhavo. Conhecemos as tradições e lugares mais emblemáticos e não poderia faltar o passeio de barco pela Ria.

Jesus ia espiritualmente connosco, mas fisicamente contamos com a presença do Senhor Bispo D. Nuno.

Num registo de muita proximidade e familiaridade, dirigiu algumas palavras aos participantes. “Saudamos a todos com muita amizade!

            Estamos a participar neste convívio que conclui o ano pastoral. Este dia não é tanto para realizar muitas atividades, mas para viver e contemplar. É sobretudo para “con- viver”!

            Passamos este dia juntos para crescermos na fraternidade. Não há nada de mais belo e precioso do que viver unidos com Jesus entre nós!

Confiamos, desde já, também a Maria a nossa viagem e este dia.

Mesmo os lugares mais conhecidos provocam em nós encanto se os soubermos ler e sentir. Entram pelos olhos e atingem a alma!

O êxito do nosso convívio não está dependente do tempo (mais calor, ou menos calor), da paisagem exterior, dos imprevistos…, mas da comunhão e amizade que construímos a cada instante, a partir dos nossos gestos e palavras”.

No final da refeição da noite, endereçou cumprimentos a todos também em nome do Senhor Arcebispo. E o Senhor Arcipreste desejou umas boas férias a todos.

Nestas férias, deixemo-nos restaurar pelo Senhor na companhia dos nossos irmãos. Não nos preocupemos apenas em descansar, mas também em favorecer o descanso do outro. 

 

Equipa de Comunicação Arciprestal

 



publicado por arciprestadovnfamalicao às 23:27 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26.07.17

Igreja Antas (7).JPG

 

A paróquia de S. Tiago de Antas, Arciprestado de Vila Nova de Famalicão, celebra nos dias 29 e 30 de Julho, sábado e domingo, a festa do padroeiro, S. Tiago, com a inauguração e bênção dos sinos da torre da nova Igreja.

No sábado, dia 29, pelas 19h00, serão benzidos pelo pároco, o P.e Agostinho Alves, os sinos da torre da Igreja nova, inaugurada há alguns meses atrás, que, segundo o Conselho Económico desta comunidade, acontece “graças a um benemérito anónimo que se prontificou custear este belo investimento”. Presentemente está a ser montado o novo carrilhão, com dez sinos, pela empresa Fundição de Sinos de Braga de Serafim da Silva Jerónimo & Filhos Lda., a quem o Conselho Económico da paróquia encarregou para executar esta obra. Após a bênção segue-se a Eucaristia vespertina.

No domingo, dia 30, haverá missa na capela de Santo António pelas 9h00 da manhã. Depois, às 10h00, na Igreja antiga de Antas, iniciará a procissão em honra de S. Tiago, seguindo em direcção ao cruzeiro de Antas, rumando depois para a Igreja Nova onde, após a chegada, será celebrada a Eucaristia Solene da festa do padroeiro.

De referir que ainda no sábado, dia 29 de Julho, a partir das 10h00, a Junta de Freguesia de Antas celebrará o “Dia da Freguesia” com a “3ª Mostra Associativa” e vários eventos culturais animados pelo associativismo local.

 

 



publicado por arciprestadovnfamalicao às 22:53 | link do post | comentar

Terça-feira, 25.07.17

maria-e-isabel-680x440.jpg

 

Logo que chegou aos meus ouvidos

a voz da tua saudação,

o menino exultou de alegria no meu seio.”

 (Lucas 1, 44)

 

 

“No testemunho de Isabel participa também o filho que traz no seio: «estremeceu de alegria o menino no meu seio» (Lc 1, 44). O menino é o futuro João Baptista, que, nas margens do Jordão, indicará em Jesus o Messias.”

(S. João Paulo II, A Mãe do Redentor, 12)

 

 

Maria,

Causa da nossa Alegria,

Faz-nos exultar largamente na festa da Fé que tudo renova e embeleza,

Para sermos anunciadores audazes e apaixonados do Evangelho!

 

          

Ave-Maria, cheia de graça,
O Senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres
E Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus,
Rogai por nós, pecadores,
Agora e na hora da nossa morte.

Amém.

 

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 22:42 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.07.17

L1220509.JPG

 

L1220604.JPG

 

L1220608.JPG

 

O Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, evocou a importância de “acolhermos, nos alimentarmos e anunciarmos a Palavra de Deus, à semelhança de Maria”, aquando da Peregrinação Arciprestal ao Santuário de Nossa Senhora do Carmo, em Lemenhe, Vila Nova Famalicão, no domingo passado, dia 16 de Julho.

Em pleno Ano Mariano, esta peregrinação assumiu contornos e dimensões diferentes do habitual, iniciando às 8h30 na Igreja Nova Matriz de Famalicão, e envolvendo todas as paróquias do Arciprestado que se fizeram representar com bandeiras e estandartes. Assim, depois de um breve momento de oração, a peregrinação iniciou, com a imagem peregrina de Nossa Senhora do Carmo, precedida pela fanfarra dos Bombeiros Voluntários Famalicenses e acompanhada por vários sacerdotes do Arciprestado e por uma multidão de fiéis, a ser levada até ao seu Santuário, de onde saiu, precisamente há um ano atrás, tendo percorrido desde então todas as comunidades paroquiais do Arciprestado famalicense.

Depois do longo percurso, marcado pela constante oração e enriquecido com a beleza de diferentes cânticos, a chegada ao Santuário coincidiu com a chegada da já tradicional peregrinação que, na mesma manhã, se iniciou na Igreja Paroquial de Lemenhe, congregando no recinto do Santuário milhares de fiéis.

Poucos minutos depois das 11h00 iniciou a celebração da Eucaristia, presidida por D. Jorge Ortiga. Esta celebração contou ainda com a presença de muitos dos sacerdotes do Arciprestado, nomeadamente do Arcipreste, o P.e Armindo Paulo Freitas, do pároco de Lemenhe, o P.e António Loureiro, assim como de algumas entidades civis, como foi o caso do Presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha.

Nas palavras proferidas durante a homília, o Arcebispo Primaz, começou por evocar “Maria, a Senhora do Carmo, como nossa Mãe e Mestra, que nos ensina o caminho para o encontro com o Senhor Jesus” e que, pelo seu testemunho de “primeira discípula de Cristo, revestida da Palavra de Deus que acolhia e guardava no seu coração como um tesouro”, nos interpela a “fazer da nossa vida a boa terra onde possa frutificar a semente da Palavra”.

Recordando que “a Palavra de Deus é o único código que orienta os cristãos”, o prelado apontou três verbos ou atitudes que devem ser vividas relativamente à mesma: “acolher a Palavra, através da oração, da escuta e da presença na Eucaristia; alimentar-se da Palavra, para que esta não seja um mero conhecimento, mas se traduza na vida de todos os dias; anunciar a Palavra, na medida em que este anúncio é missão de todos os cristãos, devendo fazê-lo no seio da família, no trabalho, nas conversas amigas e informais e em todos os outros espaços e ambientes”.

Ao terminar, o Arcebispo enfatizou que “só imitando Maria, Nossa Senhora do Carmo, nestas atitudes para com a Palavra do Senhor, será possível a desejada renovação pessoal e comunitária que se revela imprescindível nos tempos que correm, de modo a que cada cristão e cada comunidade sejam verdadeiro rosto de Jesus Cristo”.

De salientar que, já perto do final da celebração, o Arcipreste famalicense tomou a palavra, sendo prestada uma singela homenagem, em nome do Arciprestado, a D. Jorge Ortiga, a propósito da celebração das suas Bodas de Ouro Sacerdotais, sendo também homenageados os sacerdotes que este ao celebram 25, 50 e 60 anos da sua ordenação.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 01:15 | link do post | comentar

Quarta-feira, 19.07.17

Igreja-de-Santiago-de-Antas-1024x683.jpg

 

Tal como é habitual, no final de mais um ano pastoral, o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, perante as necessidades pastorais que foram surgindo, procedeu a diferentes nomeações no que respeita ao movimento eclesiástico na nossa Arquidiocese.

Das nomeações tornadas públicas pelo Arcebispo, no passado dia 16 de Julho, regista-se apenas uma alteração no que diz respeito às paróquias do Arciprestado de Vila Nova Famalicão.

Assim, o P.e Agostinho Carvalho Alves, sacerdote comboniano, foi “dispensado, a seu pedido e por razões de idade, da paróquia de S. Tiago de Antas, com a gratidão da Arquidiocese e da comunidade que serviu”. Por sua vez, o P.e José Domingos Fernandes de Oliveira, também sacerdote dos Missionários Comboniamos, foi “nomeado pároco” desta comunidade.

De referir que, a propósito das nomeações apresentadas, D. Jorge Ortiga, enfatizando a desejada renovação da Arquidiocese, a nível pastoral e paroquial, conforme atesta o lema que presidiu às suas Bodas de Ouro Sacerdotais, evocou as palavras do Papa Francisco na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, onde afirma: “Espero que todas as comunidades se esforcem por usar os meios necessários para avançar no caminho de uma conversão pastoral e missionária, que não pode deixar as coisas como estão.”

O prelado acrescentou ainda que “o Espírito Santo continua a chamar e a enviar”, lembrando que “a Arquidiocese de Braga necessita de jovens que ouçam o apelo para serem enviados para a alegre tarefa de anunciar a Palavra e edificar o Reino”. Por isso, o Arcebispo diz que “reza para que as vocações sejam amadas e estimadas por todos, tornando-se intérpretes de Deus para que o chamamento ecoe no coração de muitos jovens”, recordando que “a messe é grande e que a tarefa é sublime”, sendo que “a consequência natural é a felicidade para quem não teme seguir caminhos exigentes que não só prometem mas oferecem imensa alegria interior e exterior”.

A propósito destas nomeações, o Arciprestado de Vila Nova de Famalicão agradece ao P.e Agostinho Alves pelo serviço prestado até aqui e acolhe com afecto o P.e José Domingos Oliveira, desejando a ambos, assim como aos demais sacerdotes, as maiores felicidades no exercício da sua vocação.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 22:12 | link do post | comentar

Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

17
18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo pároco de Antas toma...

Crismandos de várias comu...

Sameiro acolhe encontro d...

Por Maria até Jesus

Clero de Famalicão viveu ...

“Vamos descansar um pouco...

Paróquia de S. Tiago de A...

Por Maria até Jesus

Arcebispo exortou ao acol...

Nomeado novo pároco para ...

arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds