Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

 

Os Frutos do Teu sabor

 

Senhor Jesus,

graças Te dou pelo alimento da Tua Palavra

que me interpela a deliciar o mundo com o Teu sabor…

com o sabor do fruto do Anúncio!

 

Que toda a minha vida seja um louvor perene

Às maravilhas que em Ti descubro e reconheço!

Que, como os pastores de Belém,

Eu anuncie alegremente ao mundo o que vi e ouvi,

Para que todos Te amem e procurem

E, glorificados pelo alimento da Tua Palavra,

Sejam rebentos novos que frutificam na Tua paz

E enriqueçam este novo ano, tempo de recomeço,

Com os frutos abundantes do Teu infinito amor!

Ámen!

                                                                                            

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 15:19 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011

 

A Palavra anunciada ao mundo abre-nos de par em par as portas da alegria e da esperança

 

Caros cristãos do nosso Arciprestado,

“Quando chegou a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher e sujeito à Lei, para resgatar os que estavam sujeitos à Lei e nos tornar seus filhos adoptivos… Assim, já não és escravo, mas filho. E, se és filho, também és herdeiro, por graça de Deus” (Gal 4, 4-5.7).

Estas palavras, dirigidas outrora por S. Paulo aos Gálatas e que ressoam num eco de paz e de amor na Igreja de todo o mundo no primeiro dia do novo ano, mantêm-nos envolvidos e embalados na alegria transbordante do Natal e interpelam-nos a recomeçar, em ano novo, impregnados de uma nova  e inabalável esperança!

De facto, esta certeza da graça do amor de Deus, revelado e oferecido plenamente na encarnação do Verbo, é o garante da nossa alegria e da nossa esperança! Como dizia o apóstolo, Jesus é o Filho de Deus, sujeito à fraqueza da condição humana, que vem para nos resgatar de todo o mal, de todas as dores, das nossas aflições e angústias, das nossas escravidões, dos nossos medos, das nossas crises… Vivemos, de facto, num tempo dominado por medos e dúvidas, efectivamente legítimos e compreendidos! No entanto, todos os nossos medos e dores são pequenos e insignificantes diante do amor de Deus, todo o mal esmorece e morre diante d’Aquele que veio para Se dar, para ser “só” amor, para ser a luz e a Salvação do mundo!

Este é, por isso, o tempo propício para, regressados de Belém, tal como os pastores, e alimentados pela Palavra nascida, “glorificarmos e louvarmos a Deus por tudo o que ouvimos e vimos” (cf. Lc 2, 20), ou seja, este é o tempo em que urge o anúncio da Palavra, em que o mundo espera, sedento, esse anúncio sempre novo que nos converte em rebentos de vida nova, pois, a Palavra anunciada ao mundo abre-nos de par em par as portas da alegria e da esperança! Corroborando esta certeza, o Papa Bento XVI refere, no nº 123 da Exortação Apostólica Verbum Domini, que “o anúncio da Palavra cria comunhão e gera a alegria”! Esta é a comunhão que o mundo e cada um de nós precisa experimentar e testemunhar; esta é a alegria que precisamos saborear e partilhar! Estes são os frutos que seremos capazes de produzir, os frutos que se multiplicam em novos frutos, de esperança, de justiça e de paz! A este propósito, refere também o Santo Padre, na mensagem para este XLV Dia Mundial da Paz, celebrado precisamente no dia 1 de Janeiro deste novo ano, que precisamos descobrir e reconhecer “a possibilidade de levantar os olhos para Deus, de encontrar Jesus Cristo – Ele que é a justiça e a paz”. Se o fizermos sentiremos que “O Senhor faz brilhar sobre nós a Sua face e volta para nós os Seus olhos” (cf. Num 6, 25-26). Assim, um novo ano será, certamente, um tempo realmente novo, porque cada um nós será um homem novo, um rebento de vida nova, capaz de anunciar com toda a vida a novidade eterna do amor sem fim de Deus aos homens, manifestado de forma plena e única em Jesus, o penhor de toda a esperança, a certeza de que sempre, por mais difícil que nos pareça, é possível um recomeço, um novo recomeço mais feliz, mais doce e mais belo!

Deste modo, aprendamos com Santa Maria, Mãe de Deus, cuja Solenidade celebramos também neste primeiro dia do ano, a adoçar o mundo com as delícias dos frutos de Jesus, porque ela foi e é a Mulher da alegria, da comunhão, da esperança, da justiça e da paz, que, como ninguém, anunciou a Palavra ao mundo, ao permitir que a mesma se torna-Se carne e vida no seu ventre puro e imaculado!

Votos de um ano 2012 muito feliz, cheio de Deus, recheado dos sabores dos frutos da Palavra!

 

O Arcipreste

 

P.e Mário Martins



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:23 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011

 

 O Hotel Rural da Azenha, em Bairro, Vila Nova de Famalicão, preocupado com a difícil situação de muitas famílias, que devido à actual crise vêem as suas dificuldades económicas aumentadas, ofereceu, em conjunto com os seus fornecedores, um almoço solidário de Natal a 80 famílias carenciadas provenientes de diferentes paróquias do Arciprestado de V. N. de Famalicão.

Esta iniciativa de cariz social teve lugar no passado dia 24 de Dezembro, véspera de Natal, pelas 12h00, contando com a participação de cerca de 180 pessoas, no total.
O almoço, que foi abrilhantado pela actuação do grupo de fados e cantares de Coimbra, Trovas do Minho, contou também com a presença do responsável do hotel, o Dr. João Monteiro, assim como do Arcipreste de V. N. Famalicão, o P.e Mário Martins, presente nesta iniciativa em representação do Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga.

Nas palavras proferidas aquando deste almoço, o Dr. João Monteiro salientou o facto de se estar “entre amigos”, enfatizando que “o hotel será sempre, durante todo o ano, uma casa aberta para quem mais precisa e que nunca ficará sem resposta”.

Por sua vez, o Arcipreste de V. N. Famalicão referiu que “são momentos como este, de encontro e de ajuda aos mais desfavorecidos, que devem unir a nossa sociedade e que caracterizam a missão da própria Igreja”. O sacerdote salientou que “celebrar o Natal significa celebrar Aquele que nasceu pobre para dissipar as nossas pobrezas, isto é, para nos libertar de tudo aquilo que nos pode tornar tristes, particularmente nestes tempos de maior dificuldade”, referindo ainda que “acontecimentos como este são sinais de uma sociedade que, em conjugação com a acção da Igreja, pode dar uma nova esperança às pessoas, não apenas nesta quadra natalícia, mas ao longo de toda a vida e concretamente na região do Vale do Ave, tão atingida pelas consequências da crise actual”.

  

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 23:29 | link do post | comentar

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2011

 

Na próxima quarta-feira, dia 28 de Dezembro, terá lugar um Encontro de Seminaristas e Pré-Seminaristas Diocesanos provenientes do Arciprestado de V. N. Famalicão.

Este encontro, para o qual estão também convidados os párocos dos respectivos Seminaristas e Pré-Seminaristas, os seus formadores nos Seminários, o Arcipreste de V. N. Famalicão, o P.e Mário Martins, assim como os Diáconos que se encontram a realizar estágio pastoral no Arciprestado, iniciará às 9h00, na Igreja Matriz Velha, com a celebração da Eucaristia, presidida pelo Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga.

A partir das 10h00 o grupo viverá uma experiência de cariz cultural, iniciando um conjunto de visitas a vários museus, passando, ainda da parte da manhã, pelo Museu Bernardino Machado, seguindo-se o Museu Soledade Malvar e o Museu da Indústria Têxtil.

Às 13h15 está marcada a paragem para almoço. Depois disso, às 14h30, haverá ainda tempo para visitar o Museu Casa de Camilo. Seguir-se-á uma tarde recreativa, terminando o encontro com um Jogo de Futebol, que se prolongará até perto das 18h00, neste que pretende ser, essencialmente, um dia de partilha e convívio, em pleno tempo do Natal, reforçando os laços de amizade e comunhão entre estes jovens Seminaristas e Pré-Seminaristas do Arciprestado de V. N. Famalicão e os seus respectivos párocos.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 01:40 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23 de Dezembro de 2011

 

Os Frutos do Teu sabor

 

Senhor Jesus,

graças Te dou pelo alimento da Tua Palavra

que me interpela a deliciar o mundo com o Teu sabor…

com o sabor do fruto da Encarnação!

 

Que hoje seja eu a vida que dá vida à Tua Palavra,

Para que ela se faça carne também em mim,

E o mundo Te conheça e saboreie

Nos sabores dos frutos que em Ti produzo!

Que Jesus Menino, o Verbo Encarnado, nascido em Belém,

Me renove no desejo ardente e sem fim

De me alimentar e enraizar na Palavra,

Para que eu me converta num rebento de vida nova e bela,

Que canta eternamente a alegria maior e reconfortante do Natal!

Ámen!                                                                                     

                                          

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 23:48 | link do post | comentar

Quinta-feira, 22 de Dezembro de 2011

 

Jesus é a Palavra que Se faz pobre para dissipar as nossas pobrezas

 

Caros cristãos do nosso Arciprestado,

Eis a grandiosa festa do Natal! No entanto, este ano, fruto da actual conjuntura económica e social, parece que o vivemos de forma mais cinzenta e triste!

No entanto, precisamos confrontar as nossas pobrezas com a pobreza que envolveu o nascimento de Jesus! Corremos sempre atrás do que é confortável e nos confere riqueza material; somos como uma cepa seca e sem vida, que não sabe onde enraizar-se e se deixa levar pelas modas do materialismo e da indiferença! Na verdade, não nos queremos aproximar da gruta de Belém, porque é escura, fria, pobre, um local de animais, desprovido de todos os confortos e luxos!

Por isso, neste Natal, é imperativo despojarmo-nos de todos os nossos caprichos e ousarmos entrar nesta gruta, porque é lá, envolto na mais rica das pobrezas e na simplicidade mais desconcertante, que está Aquele que nos salva e ama!

Podemos dizer que é na fragilidade deste Rei que quis nascer tão pobre que encontraremos a grandeza incomensurável do amor de Deus, é no frio daquele estábulo de animais que encontraremos o calor da vida, é na escuridão daquela noite que vislumbraremos a luz do mundo, é no desconforto da manjedoura que repousa e dorme a alegria aconchegante da nossa Salvação, é naquele Menino rejeitado, a quem foi negado um lugar digno para nascer, que está o mais terno acolhimento à humanidade, é na humildade com que Deus Se revelou plenamente que está a exaltação da nossa glória!

Precisamos assumir na nossa vida, sem receios, a pobreza de Belém para conhecermos a riqueza de viver um Natal diferente! É urgente reconhecer quão pobres somos, diante de todas as nossas falências, para amarmos esta pobreza de Jesus, pois, no fundo, é diante das nossas misérias que percebemos que “apenas” nos resta o nosso maior tesouro: a fé e o amor de Deus! Busquemos, por isso, a maior das riquezas, Jesus, e enraizemos n’Ele a nossa vida! Ele é “o Verbo que Se fez carne e habitou entre nós” (cf. Jo 1, 14), é a Palavra que Se faz pobre para dissipar as nossas pobrezas, é, como refere o Papa Bento XVI, no nº 12 da Exortação Apostólica Verbum Domini, “a Palavra eterna que Se fez pequena; tão pequena que cabe numa manjedoura. Fez-Se criança, para que a Palavra possa ser compreendida por nós”.

Deus vem, assim, até nós, simples, frágil e indefeso! Precisamos de ir vê-Lo a Belém! Só em Jesus o nosso tronco seco se converterá numa cepa de vida, capaz de gerar rebentos belos e viçosos! Só assim, a dor que nos seca e mata, provocada pelas perdas que choramos, pelas doenças de que padecemos ou pelo desemprego e as crises que nos sufocam, não nos impedirá de viver o verdadeiro Natal!

Aliás, foi precisamente para isso que nos preparou o tempo do Advento, pois enquanto esperamos a vinda do Senhor, experimentamos a doce certeza de que “Ele também espera por nós, pela nossa chegada à Sua proposta de Salvação”, como referia D. Jorge Ortiga, Arcebispo Primaz de Braga, na sua mensagem para o Advento. Jesus Menino, a Palavra nascida em Belém, espera que firmemos n’Ele as nossas raízes… Sim, Ele espera por nós na gruta de Belém! Entremos e descubramos a Sua paz, contemplemo-Lo na manjedoura e sintamos a alegria de saber e sentir que Ele veio para nós! Amemo-Lo, perdida e incondicionalmente, amemo-Lo muito, mais que a tudo na vida, para que, saindo da gruta de Belém, o nosso coração transborde de esperança e sintamos o inquietante e ardente desejo de O anunciar ao mundo, amando-O em cada irmão, sobretudo naqueles que mais sofrem e reclamam a nossa visita nas tantas “grutas de Belém”, onde mora um irmão nosso em necessidade!

Eis o grande desafio que vos deixo, portanto, a todos: partilhemos o que de melhor temos e somos e façamos do Natal a festa da alegria da simplicidade, em vez da festa da futilidade dos presentes e sejamos uma cepa que, alimentando-se da Palavra, viceja em rebentos de vida nova!

A todos os meus queridos irmãos na fé e no sacerdócio ministerial, nomeadamente todos os sacerdotes do nosso Arciprestado, com um carinho especial aos que se encontram mais doentes, aqui ficam também os mais sinceros votos de uma santa quadra natalícia, partilhada com todos e sobretudo com os mais débeis, indo, assim, de encontro ao sentido próprio e profundo do Natal de Jesus.

Um Santo e Feliz Natal!

 

O Arcipreste

 

P.e Mário Martins



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:55 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011

A Arquidiocese de Braga procederá a uma reorganização territorial, oficializada pelo Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, no início deste mês de Dezembro, cujo principal objectivo passa pela promoção da comunhão e por uma lógica de proximidade, sendo que o Arciprestado de V. N. Famalicão integrará aquela que será a Zona Sul da Arquidiocese.

Segundo o prelado, no documento publicado, “hoje, torna-se fundamental uma maior proximidade através da comunhão e corresponsabilidade a vivenciar e intensificar com sacerdotes e leigos. Para conseguir esta proximidade, exige-se uma reestruturação territorial que coloque o Arcebispo e Bispos Auxiliares numa atitude de presença mais visível junto de todos”.

Assim, e como acrescenta, “parece chegada a hora de proceder a uma reorganização da Arquidiocese em duas zonas – Norte e Sul – onde se integram paróquias do interior, do centro e do litoral, permitindo ter uma visão sociológica de toda a Arquidiocese”.

Deste modo, “a Região do Norte ficará constituída por 298 paróquias pertencentes ao Arciprestado de Braga (63), Barcelos (89), Esposende (15), Vila Verde (57), Amares (24), Terras de Bouro (19) e Vieira do Minho (22). A Região do Sul por 262 paróquias dos Arciprestados de Guimarães e Vizela (78), Vila Nova de Famalicão (53), Vila do Conde/Póvoa de Varzim (25), Fafe (37), Póvoa de Lanhoso (31), Celorico de Basto (21) e Cabeceiras de Basto (17)”.

Além destas mudanças, o mesmo documento salienta ainda que “cada região será confiada a um Bispo Auxiliar”, sendo que este “será ajuda ao Arcipreste, cuja figura continuará a ser de verdadeiro motor da actividade pastoral e promotor da unidade”. 

Assim, “esta maior proximidade do Bispo Auxiliar vai permitir um maior conhecimento em ordem às necessárias Zonas Pastorais e, dum modo particular, às Unidades Pastorais”

D. Jorge frisa ainda que “aqui se integra também a aposta, ainda não totalmente conseguida, dum funcionamento dos Conselhos Pastorais Paroquiais ou Interparoquiais”. Por outro lado, “também o movimento eclesiástico, como consequência, será efectuado em função destas Unidades Paroquiais, permitindo que os sacerdotes se dediquem, em moldes novos, aos desafios que lhe são específicos e onde devem concentrar todas as suas energias”. Por sua vez, os leigos devem tornar-se “verdadeiros agentes duma pastoral paroquial, interparoquial ou arciprestal”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:35 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011

 

Os Frutos do Teu sabor

 

Senhor Jesus,

graças Te dou pelo alimento da Tua Palavra

que me interpela a deliciar o mundo com o Teu sabor…

com o sabor do fruto do Compromisso!

 

Que, à semelhança de Maria, Tua e minha Mãe,

Eu Te dê convictamente o meu “Sim”,

Para que, enraizado na Tua Palavra que me sacia,

Eu me converta num anunciador do Teu amor!

Que eu tenha a coragem e a ousadia

Para me comprometer Contigo,

Sem condicionalismos ou dúvidas,

Para que tudo o que sou, tenho e faço

Seja para dar testemunho de Ti

E para que todos provem os frutos do Teu sabor!

Ámen!

                                                                                            

                                          

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 09:45 | link do post | comentar

Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011

 

Os Frutos do Teu sabor

 

Senhor Jesus,

graças Te dou pelo alimento da Tua Palavra

que me interpela a deliciar o mundo com o Teu sabor…

com o sabor do fruto da Alegria!

 

Que a certeza da Tua vinda

Me anime e renove na Esperança,

Para que toda a minha vida Te cante e louve

Num hino de júbilo e de festa sem fim!

Que o gaudioso grito de Te anunciar ao mundo

Me encha o coração de vida e de amor,

Na certeza de que enraizado na Tua Palavra,

A Tua alegria é o fruto mais delicioso e apetecível

Que preciso partilhar com cada irmão,

Adoçando e perfumando o mundo com o Teu sabor!

Ámen!

                                                                                   

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 11:33 | link do post | comentar

Terça-feira, 6 de Dezembro de 2011

 

A Comissão Arquidiocesana da Liturgia, através do Departamento Arciprestal da Pastoral Litúrgica, procurou promover este ano pastoral, à semelhança do que já aconteceu nos últimos anos, um dia de formação destinado aos Leitores e Ministros Extraordinários da Comunhão (MEC’s) que exercem o seu ministério na Arquidiocese e em cada Arciprestado.

Para se tornar mais próxima de todos e facilitar a participação de um maior número de pessoas, esta formação, é realizada em diferentes Arciprestados, em dias diferentes, mas subordinada ao mesmo tema.

Assim, no passado sábado, dia 3 de Dezembro, foi o dia em que a mesma foi acolhida pelo Arciprestado de V. N. de Famalicão, destinando-se assim, particularmente, aos Leitores e MEC’s das diferentes paróquias do Arciprestado.

Este encontro teve lugar no Centro Cívico e Pastoral de Famalicão, iniciando às 9h30 da manhã e contando com a presença de um elevado número de Leitores e MEC’s.

Na abertura dos trabalhos, e depois da oração de Laudes, conduzida pelo P.e João Evangelista, Delegado Arciprestal da Pastoral Litúrgica e Sacramentos, coube ao Arcipreste de V. N. de Famalicão, o P.e Mário Martins, dirigir umas palavras de acolhimento a todos os presentes. Na sua intervenção agradeceu à equipa que orientaria todo o encontro, assim como aos Leitores e MEC’s participantes, deixando os votos de “uma manhã formativa e proveitosa que ajudasse todos a crescer no espírito de comunhão e serviço”.

Seguiu-se depois um momento de formação, orientado pelo Prof. Doutor João Duque, Presidente do Centro Regional da Universidade Católica de Braga, que apresentou a sua conferência a partir de dois recentes documentos do Magistério da Igreja, a Exortação Apostólica Verbum Domini, e os Lineamenta do Sínodo dos Bispos, marcado para Outubro de 2012 e subordinado ao tema “A nova evangelização para a transmissão da fé cristã”. O conferencista salientou que “a Igreja se deve preocupar com a evangelização de todos os homens”, pois “a missão de evangelizar e de tornar a Boa Nova viva e activa no mundo cabe a cada cristão”. Deste modo, “a Igreja deve adaptar-se às novas circunstâncias e às transformações da sociedade actual, marcada também, entre outras coisas, por uma atitude individualista e consumista”.

Evocando depois a Verbum Domini, acrescentou ainda que “a Palavra de Deus é o acontecimento do diálogo entre Deus e o homem”, sendo que “o homem é chamado a dar uma resposta”, pois é na vida de cada homem que “a Palavra tem de ser feita carne e fazer-se activa na transformação do mundo”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:22 | link do post | comentar

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
17
18

19
20
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

Equipa Arciprestal de Cat...

Antiga Matriz de Famalicã...

Clero de Famalicão reunid...

Desperta Esperança!

ARTIGO DO P.E MÁRIO MARTI...

Arciprestado de Famalicão...

Desperta Esperança!

D. Jorge Ortiga visitou e...

Arquidiocese de Braga cel...

Desperta Esperança!

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds