Sexta-feira, 30 de Novembro de 2012

… que o Teu Santo Espírito, Senhor, me fortalece na fé, para que eu possa aderir pessoal e interiormente à Tua Pessoa e à Verdade que Tu és!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

176. A fé é uma adesão pessoal, do homem todo, a Deus que Se revela. Comporta uma adesão da inteligência e da vontade à Revelação que Deus fez de Si mesmo, pelas suas acções e palavras.

 

177. «Crer» tem, pois, uma dupla referência: à pessoa e à verdade; à verdade, pela confiança na pessoa que a atesta.

 

178. Não devemos crer em mais ninguém senão em Deus, Pai, Filho e Espírito Santo.

 

179. A fé é um dom sobrenatural de Deus. Para crer, o homem tem necessidade dos auxílios interiores do Espírito Santo.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 16:04 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29 de Novembro de 2012

 

No próximo sábado, dia 1 de Dezembro, os Leitores e Ministros Extraordinários da Comunhão (MEC’s) provenientes das diferentes paróquias do Arciprestado de V. N. Famalicão terão oportunidade de viver um momento de formação, orientado, à semelhança do ano passado, pelo Prof. Doutor João Duque, Presidente do Centro Regional da Universidade Católica de Braga.

Trata-se de uma iniciativa da Comissão Arquidiocesana da Liturgia, através do Departamento Arciprestal da Pastoral Litúrgica, que procura promover ao longo deste ano pastoral, tal como tem acontecido nos últimos anos, um dia de formação destinado aos Leitores e MEC’s que exercem o seu ministério na Arquidiocese e em cada Arciprestado. Para se tornar mais próxima de todos e facilitar a participação de um maior número de pessoas, esta formação, é realizada em diferentes Arciprestados, em dias diferentes, mas subordinada ao mesmo tema.

Desta feita, este encontro terá lugar no Centro Pastoral de Famalicão, iniciando às 9h30 e terminando por volta das 12h00, sendo possível realizar a recondução para os MEC’s que necessitem de a fazer.

O Arciprestado de V. N. Famalicão desafia, assim, todos os Leitores e MEC’s das diferentes comunidades a viver mais este momento de formação, que os ajudará a desenvolver uma consciência mais séria e comprometida relativamente ao serviço que prestam nas suas comunidades paroquiais, para que sejam verdadeiros testemunhos de fé, capazes de contagiar os outros com a alegria de crer, neste ano pastoral em que a Arquidiocese de Braga nos convida, particularmente, a redescobrir a nossa identidade cristã e a professar essa mesma fé.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 11:25 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28 de Novembro de 2012

 

Tal como acontece, habitualmente, uma vez por mês, os sacerdotes do Arciprestado de V. N. Famalicão reuniram-se na passada quarta-feira, dia 21, para um tempo de oração, formação e de abordagem de alguns assuntos de interesse do Arciprestado.

O encontro iniciou com Oração de Laudes, sendo, neste mês de Novembro, rezado o ofício de defuntos, onde foram recordados todos os sacerdotes falecidos do Arciprestado. De seguida, dando início à reunião propriamente dita, o Arcipreste, Pe. Paulino Carvalho, deu as boas-vindas a todos os presentes.

Seguiu-se um tempo de formação, orientada, desta feita, pelo P.e Jorge Vilaça, que abordou a temática “Encarnação, princípio da pastoral, à luz da Lumen Gentium”, 48 anos depois da publicação deste documento, a 21 de Novembro de 1964. O sacerdote começou por apresentar um pequeno filme de um dos discursos mais célebres do Papa João XXIII, conhecido como “Discurso da Lua”, proferido na noite de 11 de Outubro de 1962, dia da abertura do Concílio Vaticano II, na Praça de São Pedro. Posto isto, o P.e Jorge Vilaça apresentou a estrutura da Lumen Gentium, lembrando que “este documento se centra sobre a identidade ou a essência da Igreja”, acrescentando que constitui “a primeira grande reflexão teológica, em 2000 anos de história, que a Igreja faz sobre si mesma”, pois “é a Igreja que se volta para dentro, em busca de auto-compreensão”, na medida em que o próprio Concílio “levou a Igreja a descobrir a sua riqueza interior”.

De seguida, o orador apresentou o modelo de pastoral assente nos verbos Ver, Julgar e Agir, promovendo um momento de reflexão a partir do Livro “Morte do próximo” de Luigi Zoja, para depois concluir que, segundo a Lumen Gentium, “a Igreja procura conhecer-se a si mesma, regressar às suas origens”, sendo “a Encarnação o princípio da Pastoral, pois, e como referia o Papa Bento XVI na sua visita a Portugal, «Tudo de define a partir de Cristo, quanto à origem e à eficácia da missão»”.

Terminado este momento mais formativo, e depois da discussão e aprovação da acta da reunião anterior, foi apresentado o novo Concelho Arciprestal. Passou-se de imediato à avaliação das últimas actividades realizadas, tais como: Tomadas de Posse; Visita Pastoral; Reunião do Clero; Dia da Arquidiocese / Abertura do ano Pastoral nas paróquias; Abertura do Ano da Fé / Encontro Sacerdotes (Capela Faculdade de Teologia); Formação Permanente / Recolecções do Clero / Teologia revisitada; Semana dos Seminários e “Átrio dos Gentios”.

Posto isto, elencaram-se as várias actividades a decorrer nos próximos meses: Seminário sobre o Sacramento da Reconciliação, a decorrer no Auditório Vita, em Braga (27 e 28 de Novembro); IV Fórum das Instituições Sociais (30 de Novembro); Formação Arciprestal de Ministros Extraordinários da Comunhão e Leitores (1 de Dezembro); Caminhada Arciprestal Advento/Natal: “Da Confiança brota a Fé”, iniciada no fim-de-semana de 1 e 2 de Dezembro; Formação Advento / Natal, que terá lugar nas cinco Zonas Pastorais do Arciprestado (14 de Dezembro); Formação do Clero / Encontro de Natal (20 de Dezembro); XXV Aniversário de ordenação episcopal de D. Jorge Ortiga (3 de Janeiro); Dia Sacerdotal do Clero / Almoço de Reis (9 de Janeiro).

De seguida, foi abordada a questão relativa à Renovação dos Conselhos Económicos e dada a palavra aos Delegados dos Sectores de Pastoral.

A reunião terminou com um novo momento de Oração.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:44 | link do post | comentar

Sábado, 24 de Novembro de 2012

… que a Tua Palavra, Senhor, é o verdadeiro alimento que me sacia e a luz plena que ilumina a minha vida!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:


138. A Igreja recebe e venera, como inspirados, os 46 livros do Antigo e os 27 do Novo Testamento.


139. Os quatro evangelhos ocupam um lugar central, dado que Jesus Cristo é o seu centro.


140. A unidade dos dois Testamentos deriva da unidade do plano de Deus e da sua Revelação. O Antigo Testamento prepara o Novo, ao passo que o Novo dá cumprimento ao Antigo. Os dois esclarecem-se mutuamente; ambos são verdadeira Palavra de Deus.


141. «A Igreja sempre venerou as Divinas Escrituras, tal como o próprio Corpo do Senhor» (1): ambos alimentam e regem toda a vida cristã. «A vossa Palavra é farol para os meus passos e luz para os meus caminhos» (Sl 119, 105) (2).


(1). II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Dei Verbum, 21: AAS 58 (1966) 827.

(2). Cf. Is 50, 4. 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 03:10 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012

 

Faleceu na passada quinta-feira, dia 15 de Novembro, o Cón. Manuel Oliveira Veloso, natural da paróquia de Calendário, Arciprestado V. N. Famalicão, onde nasceu a 26 de Janeiro de 1924.

O Cón. Manuel Veloso, que residia actualmente na Casa Sacerdotal de S. Martinho de Dume, em Braga, foi ordenado sacerdote a 15 de Agosto de 1946, passando a estar ao serviço do Paço Arquiepiscopal de Braga a partir de Outubro desse mesmo ano.

Depois de ter sido nomeado Cónego e Capitular, a 21 de Março de 1960, foi nomeado pároco da Sé e Cividade, Braga, em Setembro de 1962.

Entretanto, em Março de 1987 foi nomeado Arcipreste do Cabido. Mais tarde, em Julho de 1995, foi dispensado, a seu pedido, da paroquialidade da Sé e nomeado Reitor da Igreja do Pópulo e Capelão do Mosteiro da Visitação, Braga. Onze anos mais tarde, em Julho de 2006, foi dispensado de Reitor do Pópulo, continuando como Capelão da Igreja do Salvador e Lar Conde de Agrolongo, Braga.

O Cón. Manuel Veloso publicou ainda diversas obras, tais como, "Nossa Senhora de Fátima na Arquidiocese de Braga", reportagem da visita da Virgem Peregrina à Arquidiocese, em 1951; "Nossa Senhora na Arquidiocese de Braga", pequeno opúsculo, separata das Actas do Congresso Mariano Nacional, de 1954; "Patronato de Nª Sª da Torre", pequeno opúsculo, publicado por ocasião da inauguração das obras do Patronato, sobre a história do Patronato, editado na "Pax-Editora"; "Roteiro de Salvação", pequeno catecismo para a comunhão solene: uso particular; “Guia da Igreja do Pópulo", história e arte desta Igreja.

O seu funeral teve lugar no dia 16 de Novembro, tendo sido celebrada missa exequial na Sé de Braga às 10h30, presidida por D. Manuel Linda, Bispo Auxiliar de Braga, sendo depois transladado para Calendário (V. N. Famalicão), onde se realizou Eucaristia às 15h00, presidida, desta feita, pelo Arcipreste de V. N. Famalicão, o P.e Paulino Carvalho, e contando com a presença de vários sacerdotes da Arquidiocese e arredores, muitos deles do nosso Arciprestado, indo depois a sepultar no cemitério local.

Tratando-se de um sacerdote natural de Vila Nova de Famalicão, o Arciprestado, na pessoa de cada um dos seus sacerdotes e de todos os cristãos, presta aqui uma singela homenagem ao Cón. Manuel Veloso, reiterando à sua família as mais sentidas condolências.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:27 | link do post | comentar

Sábado, 17 de Novembro de 2012

… que Tu, Senhor, és o autor da Sagrada Escritura e que esta se cumpre plenamente em Cristo, penhor da salvação!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:


134. Omnis Scriptura divina unus liber est, et ille unus liber Christus est, «quia omnis Scriptura divina de Christo loquitur; et omnis Scriptura divina in Christo impletur» – Toda a Escritura divina é um só livro, e esse livro único é Cristo, «porque toda a Escritura divina fala de Cristo e toda a Escritura divina se cumpre em Cristo» (1).

 

135. «As Sagradas Escrituras contêm a Palavra de Deus; e, pelo facto de serem inspiradas, são verdadeiramente a Palavra de Deus» (2).

 

136. Deus é o autor da Sagrada Escritura, ao inspirar os seus autores humanos: age neles e por eles. E assim nos dá a garantia de que os seus escritos ensinam, sem erro, a verdade da salvação (3).

 

137. A interpretação das Escrituras inspiradas deve, antes de mais nada, estar atenta ao que Deus quer revelar, por meio dos autores sagrados, para nossa salvação. O que vem do Espírito não é plenamente entendido senão pela acção do Espírito (4).

 

(1). Hugo de São Vítor, De arca Noe II, 8: PL 176, 642: cf. Ibid. 2. 9: PL 176, 642-643.

(2). II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Dei Verbum. 24: AAS 58 (1966) 829.

(3). II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Dei Verbum, 11: AAS 58 (1966) 822-823.

(4). Cf. Orígenes, Homiliae in Exodum4, 5: SC 321, 128 (PG 12, 320).

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 01:19 | link do post | comentar

Sexta-feira, 9 de Novembro de 2012

… que a Tua Igreja, Senhor, permanece fiel à transmissão da Revelação divina, anunciando-Te a todas as gerações!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

96. O que Cristo confiou aos Apóstolos, estes o transmitiram, pela sua pregação e por escrito, sob a inspiração do Espírito Santo, a todas as gerações, até à vinda gloriosa de Cristo.

 

97. «A sagrada Tradição e a Sagrada Escritura constituem um único depósito sagrado da Palavra de Deus» (1), no qual, como num espelho, a Igreja peregrina contempla Deus, fonte de todas as suas riquezas.

 

98. «Na sua doutrina, vida e culto, a Igreja perpetua e transmite a todas as gerações tudo aquilo que ela é, tudo aquilo em que acredita» (2).

 

99. Graças ao sentido sobrenatural da fé, o povo de Deus, no seu todo, não cessa de acolher o dom da Revelação divina, de nele penetrar mais profundamente e de viver dele mais plenamente.

 

100. O encargo de interpretar autenticamente a Palavra de Deus foi confiado unicamente ao Magistério da Igreja, ao Papa e aos bispos em comunhão com ele.

 

(1). II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Dei Verbum, 10: AAS 58 (1966) 822.

(2). II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Dei Verbum, 8: AAS 58 (1966) 821.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:57 | link do post | comentar

Quinta-feira, 8 de Novembro de 2012

 

No passado domingo, dia 4 de Novembro, tomou posse como novo pároco de Vermoim o P.e José Carlos Barbosa da Costa.

A celebração da Eucaristia, realizada às 15h00 no salão paroquial, contou com grande número de fiéis, que quiseram, assim, reafirmar o seu testemunho de fé e acolher com alegria o seu novo pastor, assim como com a presença do Arcipreste de V. N. Famalicão, o P.e Paulino Carvalho, que empossou o novo pároco em nome do Arcebispo Primaz de Braga, dirigindo-lhe palavras de acolhimento e boas-vindas. O P.e José Carlos Costa substitui nesta missão o P.e Francisco da Costa Teixeira, dispensado por razões de saúde, a quem o Arcipreste de V. N. Famalicão quis também reiterar um especial agradecimento, em nome do Arciprestado, por todos os anos em que esteve ao serviço do mesmo.

De salientar que, de acordo com o texto da nomeação, o P.e José Carlos Costa passa a ser o novo pároco de Vermoim, em acumulação com a paroquialidade de Pousada de Saramagos e Castelões, das quais já é pároco há alguns anos, podendo contar com a colaboração do P.e António de Carvalho Azevedo.

Deste modo, o Arcipreste, na sua intervenção, advertiu, precisamente, para “a importância das Unidades Pastorais, uma realidade em implementação na Arquidiocese de Braga, e nomeadamente no Arciprestado de V. N. Famalicão”, onde agora serão constituídas novas Unidades Pastorais com a atribuição de novas e diferentes paróquias aos mesmos sacerdotes. Além disso, o P.e Paulino alertou ainda para “a necessidade de se viverem estas mudanças em espírito de verdadeira comunhão, própria do ser Igreja”, que se deve manifestar entre sacerdotes, entre comunidades e entre os paroquianos e os seus pastores.

Por sua vez, o P.e José Carlos, que é também natural do Arciprestado de V. N. Famalicão, mais concretamente da paróquia de Joane, na homília proferida, e evocando a liturgia do dia, interpelava também os fiéis para “a necessidade de nos adaptarmos à realidade das Unidades Pastorais”, ao mesmo tempo que reforçava o papel activo dos leigos na Igreja, que, “desde o Concílio Vaticano II, há 50 anos atrás, são, juntamente com os sacerdotes, também agentes da pastoral”.

Refira-se ainda que perto do final da celebração, a paróquia, assim como as entidades civis, não quiseram deixar de prestar uma sentida homenagem ao P.e Francisco Teixeira, agradecendo-lhe pelos 42 anos que viveu ao serviço da comunidade de Vermoim, sempre marcados por um “espírito de profunda abnegação”. Assim, esta cerimónia, com o acolhimento ao novo pároco e com o agradecimento ao seu antecessor, constituiu um claro sinal de comunhão sacerdotal!

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:35 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

 

A iniciativa “Átrio dos Gentios”, a decorrer nos dias 16 e 17 de Novembro, vai visitar as cidades de Guimarães e de Braga, respectivamente Capitais Europeias da Cultura e da Juventude. Promovida pela Arquidiocese de Braga tem como tema “O Valor da Vida” e pretende promover o diálogo entre a sociedade, nomeadamente os não crentes, e a Igreja na procura de soluções e modelos de defesa da vida em todas as suas exigências.

O evento, que reúne personalidades, crentes e não crentes, de vários quadrantes da sociedade portuguesa, inicia, assim, às 18h00 do dia 16 (sexta-feira), em Guimarães, mais concretamente no Grande Auditório da Universidade do Minho, com a Sessão inaugural promovida pela Fundação Orquestra Estúdio de Guimarães e pelo Coro da Licenciatura em Música da Universidade do Minho.

Estão previstas duas conferências para este primeiro dia, estando a primeira a cargo de Eduardo Lourenço que aborda a “Identidade e sentido da vida de um povo”. A segunda, prevista para as 21h30, propõe um diálogo entre o Cardeal Gianfranco Ravasi e o neurocirurgião João Lobo Antunes, sobre “O valor e o sentido da vida de cada ser humano”.

No dia 17 (sábado) a iniciativa tem como palco a cidade de Braga. A manhã terá uma tónica mais cultural, com a inauguração da exposição de pintura “Crer: as imagens de uma aventura”, às 10h00, no Museu Pio XII. Às 11h00, mas no Auditório Vita, apresenta-se a peça de teatro “Job ou a tortura dos amigos”, enquanto às 12h00 tem lugar a apresentação do livro “Mostrar Cristo ao Mundo”.

A parte da tarde está recheada de vários workshops, a decorrer em simultâneo em três espaços distintos (Salão Medieval da Universidade do Minho, Auditório Vita e Aula Magna da Faculdade de Filosofia) e em dois horários diferentes (14h30 e 16h30).

Para promover os diferentes workshops estão confirmados nomes como Fernando Nobre (Fundador da AMI), Isabel Jonet (Presidente do Banco Alimentar Contra a Fome), Assunção Cristas (Ministra da Agricultura), entre outros, que abordarão temas como “o sentido da vida e o sofrimento humano”, “o valor da vida e o sentido do universo”, só para citar alguns entre os seis workshops a realizar.

Esta iniciativa termina com dois momentos musicais. O primeiro deles tem lugar às 19h00, no Auditório Vita, sendo promovido pela Orquestra Geração de Lisboa e Jovens Cantores de Guimarães. Por sua vez, às 21h30, na Sé Catedral, é apresentada a “Missa Brevis” de João Gil, pelos Cantate.

As inscrições para esta iniciativa são gratuitas, mas obrigatórias, podendo ser feitas através do sítio www.atriodosgentios.pt, do telefone (253 200 130), do e-mail (geral@atriodosgentios.pt) ou presencialmente no Museu Pio XII, em Braga. Aos participantes, que solicitem no acto de inscrição, a organização disponibiliza o serviço de refeições e alojamento.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 19:02 | link do post | comentar

Terça-feira, 6 de Novembro de 2012
 
A Igreja vive e celebra entre os dias 11 e 18 de Novembro a Semana de Oração pelos Seminários, este ano subordinada ao lema “Sacerdote: irmão na fé e servidor da fé dos irmãos”.

Assim, ao longo destes dias, todos os cristãos são particularmente convidados a intensificar a sua oração pelos Seminários, numa atitude comprometida e orante, para que aqueles a quem a fé chama e convoca ao serviço da fé dos irmãos, ousem entregar-se radicalmente, dando um Sim alegre, comprometido, fiel e permanente a Jesus Cristo. Nós, cristãos do Arciprestado de V. N. de Famalicão, somos convidados a rezar especialmente pelos Seminários da nossa Arquidiocese de Braga, isto é, pelos seus seminaristas, mas também pelos seus formadores e por todos os que ali trabalham e colaboram.

Para melhor o fazermos e melhor nos prepararmos, realiza-se uma Vigília de Oração pelos Seminários, já nesta sexta-feira, dia 9, às 21h15, na Igreja do Seminário Conciliar de Braga, na qual todos estamos convidados a participar, para que, reunidos e comprometidos em Igreja, possamos rezar para que os Seminários sejam comunidades vivas de discípulos de Cristo e irmãos no presbitério, que vivem a plena comunhão, alicerçada na fé e no serviço, com Jesus e com todos os homens!

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:10 | link do post | comentar

Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Por Maria até Jesus

Clero de Famalicão viveu ...

“Vamos descansar um pouco...

Paróquia de S. Tiago de A...

Por Maria até Jesus

Arcebispo exortou ao acol...

Nomeado novo pároco para ...

Por Maria até Jesus

Por Maria até Jesus

Diácono Wilson Santos ord...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds