Terça-feira, 28 de Maio de 2013

 

No próximo Domingo celebra-se a Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo. Uma festa de grande tradição para a Igreja Universal, mas também para a Igreja do Arciprestado de Vila Nova de Famalicão. Trata-se de uma festa móvel, em que celebramos a presença real de Cristo na Eucaristia, sendo que este ano se realiza no dia 2 de Junho.

Assim, o Arciprestado de V. N. Famalicão assinala esta data através da realização da Procissão Arciprestal do Corpo de Deus. A celebração tem, assim, início às 16h00 na Nova Matriz, com oração de vésperas ao Santíssimo. De lá segue-se depois em procissão Eucarística, percorrendo-se várias artérias da cidade, finalizando no exterior da Antiga Matriz.

Todas as comunidades paroquiais do Arciprestado tomam parte activa nesta celebração, que “constitui uma oportunidade única, para, em comunhão com todos os irmãos, vivermos um verdadeiro momento de oração diante de Jesus Sacramentado e redescobrirmos as razões da nossa Fé, sentindo profunda e intensamente todo o Seu Amor, manifestado de forma plena e suprema no mistério da Encarnação, ou seja, na Sua presença viva, real, eterna e salvífica no Pão da Eucaristia”.

Em Ano da Fé este será um momento forte de oração, de sintonia e comunhão com o Santo Padre e a Igreja Universal.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 23:09 | link do post | comentar

Segunda-feira, 27 de Maio de 2013

… que a Tua Igreja, Senhor, amada por Ti e purificada pelo Teu sangue, é Templo do Espírito Santo, que a anima e sustenta na riqueza dos seus dons e carismas e a mantém viva como um povo santo inspirado na perfeita unidade da Santíssima Trindade!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

808. A Igreja é a Esposa de Cristo: Ele amou-a e entregou-Se por ela. Purificou-a pelo seu sangue. Fez dela a mãe fecunda de todos os filhos de Deus.

 

809. A Igreja é o Templo do Espírito Santo. O Espírito é como que a alma do Corpo Místico, princípio da sua vida, da unidade na diversidade e da riqueza dos seus dons e carismas.

 

810. «A Igreja universal aparece, assim, como "um povo que vai buscar a sua unidade à unidade do Pai e do Filho e do Espírito Santo"» (1).

 

(1). II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Lumen Gentium, 4: AAS 57 (1965) 7; cf. São Cipriano de Cartago, De dominica Oratione, 23: CCL 3A. 105 (PL 4, 553).

  

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24 de Maio de 2013

 

Tal como acontece, habitualmente, uma vez por mês, os sacerdotes do Arciprestado de V. N. Famalicão reuniram-se na passada quarta-feira, dia 15, para um tempo de oração, formação e de abordagem de alguns assuntos de interesse do Arciprestado.

O encontro iniciou com a oração de Laudes na Igreja Nova Matriz de Famalicão. De seguida, já no Centro Pastoral, dando início à reunião propriamente dita, o Arcipreste, o Pe. Paulino Carvalho, deu as boas vindas a todos os presentes.

Seguiu-se um tempo de formação, orientada, desta feita, pelos Escuteiros do Núcleo de Famalicão.

Terminado este momento mais formativo, e depois da discussão e aprovação da acta da reunião anterior, passou-se de imediato à avaliação das últimas actividades realizadas, tais como: Conferências Pascais; Dia Arciprestal dos Movimentos Juvenis; Ordenações Diaconais; Recolecção Mensal do Clero (Seminário Conciliar); Encontro Arquidiocesano de Confrarias e Irmandades; Café Concerto em Família.

Posto isto, elencaram-se as várias actividades a decorrer nos próximos meses: Recolecção Mensal do Clero (28 de Maio, no Seminário Conciliar); Procissão Arciprestal do Corpo de Deus (no dia 2 de Junho, iniciando às 16h00 na Igreja Nova Matriz); Procissão de Santo António (13 de Junho); Dia Sacerdotal do Clero (19 de Junho); Passeio do Clero (10 de Julho); Peregrinação Arciprestal N.ª Sr.ª do Carmo (21 de Julho); Ordenações Presbiterais (21 de Julho).

De seguida, foi dada a palavra aos Delegados dos Sectores de Pastoral e abordados outros assuntos.

A reunião terminou com um novo momento de Oração.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 15:40 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20 de Maio de 2013

… que a Tua Igreja, Senhor, é Povo de Deus, resgatado na paixão e morte de Jesus e constituído pelo dom da Fé baptismal num só Corpo, cuja Cabeça é Cristo, composto pela riqueza da diversidade dos seus membros, unidos no amor, pelo amor e para o amor!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

802. Jesus Cristo «entregou-Se por nós, a fim de nos resgatar de toda a iniquidade e de purificar e constituir um povo de sua exclusiva posse» (Tt 2, 14).

 

803. «Vós sois geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo adquirido» (1 Pe 2, 9).

 

804. Entra-se no povo de Deus pela fé e pelo Baptismo. «Todos os homens são chamados a fazer parte do povo de Deus» (1), para que, em Cristo, «os homens constituam uma só família e um único povo de Deus» (2).

 

805. A Igreja é o Corpo de Cristo. Pelo Espírito e pela sua acção nos sacramentos, sobretudo na Eucaristia, Cristo morto e ressuscitado constitui como seu Corpo a comunidade dos crentes.

 

806. Na unidade deste Corpo, existe diversidade de membros e de funções. Mas todos os membros estão unidos uns aos outros, parti­cularmente àqueles que sofrem, aos pobres e aos perseguidos.

 

807. A Igreja é este Corpo, cuja Cabeça é Cristo: ela vive d'Ele, n'Ele e para Ele; e Ele vive com ela e nela.

 

(1). II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Lumen Gentium, 13: AAS 57 (1965) 17.

(2). II Concílio do Vaticano, Decr. Ad gentes, 1: AAS 58 (1966) 947.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:32 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15 de Maio de 2013

… na Tua Igreja, Senhor, Corpo Místico de Cristo, o sacramento da salvação que nos convoca para viver e dar vida, o sinal e o instrumento da comunhão que nos une a Ti e ao Teu amor!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

777. A palavra «Igreja» significa «convocação». Designa a assembleia daqueles que a Palavra de Deus convoca para formar o seu povo, e que, alimentados pelo Corpo de Cristo, se tornam, eles próprios, Corpo de Cristo.

 

778. A Igreja é, ao mesmo tempo, caminho e meta do desígnio de Deus: prefigurada na criação, preparada na antiga Aliança, fundada pelas palavras e actos de Jesus Cristo, realizada pela sua Cruz redentora e pela sua ressurreição, manifesta-se como mistério de salvação pela efusão do Espírito Santo. Será consumada na glória do céu como assembleia de todos os resgatados da terra (1).

 

779. A Igreja é, ao mesmo tempo, visível e espiritual, sociedade hierárquica e Corpo Místico de Cristo. É una, mas formada por um duplo elemento: humano e divino. Aí reside o seu mistério, que só a fé pode acolher.

 

780. A Igreja é, neste mundo, o sacramento da salvação, o sinal e o instrumento da comunhão de Deus e dos homens.

 

(1). Cf. Ap 14, 4.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 13:59 | link do post | comentar

Quinta-feira, 9 de Maio de 2013

 

A Equipa Arciprestal da Pastoral Familiar de V. N. de Famalicão promove, à semelhança dos anos anteriores, uma iniciativa pastoral e cultural, no próximo sábado, dia 11 de Maio, às 21h00, no Centro Pastoral de Santo Adrião, V. N. de Famalicão, convocando e convidando todas as famílias do Arciprestado a participar num Café Concerto. A animação deste Café Concerto em Família conta com a voz e a guitarra do jovem Tiago Rocha, da paróquia de Santiago de Antas.

Esta iniciativa enquadra-se na Mensagem que o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, escreveu no início do Ano da Fé aos jovens, às famílias, aos consagrados e aos sacerdotes. Na mensagem às famílias o prelado questionava:  "Que pedirei às Famílias neste Ano da Fé?". Neste sentido, o mote para o diálogo neste encontro será: “Família – Frutos Esperados”.

É uma proposta, com entrada gratuita, para todas as famílias, novas ou adultas, “de reflexão, de convívio e seguramente de acolhimento da proposta cristã para a vida matrimonial”, como refere a organização.

A entrada é livre e há programação especial para as crianças.

  

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 14:44 | link do post | comentar

Terça-feira, 7 de Maio de 2013

… no Espírito Santo, Deus com o Pai e com o Filho, desde sempre presente e actuante na história da salvação, que anima e santifica a Igreja e aquece o coração dos homens com o desejo de viver na plena comunhão com Deus!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

742. «E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: "Abbá!" Pai!» (Gl 4, 6).

 

743. Desde o princípio até à consumação do tempo, quando Deus envia o seu Filho, envia sempre o seu Espírito: a missão dos dois é conjunta e inseparável.

 

744. Na plenitude dos tempos, o Espírito Santo realiza em Maria todas as preparações para a vinda de Cristo ao povo de Deus. Pela acção do Espírito Santo n 'Ela, o Pai dá ao mundo o Emanuel, «Deus connosco» (Mt 1, 23).

 

745. O Filho de Deus é consagrado Cristo (Messias) pela unção do Espírito Santo, na sua Encarnação (1).

 

746. Pela sua morte e ressurreição, Jesus foi constituído Senhor e Cristo na glória (2). Da sua plenitude, Ele derrama o Espírito Santo sobre os Apóstolos e sobre a Igreja.

 

747. O Espírito Santo, que Cristo-cabeça derrama sobre os seus membros, constrói, anima e santifica a Igreja. Ela é o sacramento da comunhão da Santíssima Trindade com os homens.

 

(1). Cf. Sl 2, 6-7.

(2). Cf. Act 2, 36.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 15:19 | link do post | comentar

Sexta-feira, 3 de Maio de 2013

 

José Carlos Carvalho, Professor da Universidade Católica, orientou a terceira e última Conferência Pascal realizada no passado sábado, dia 27, numa iniciativa promovida pelo Arciprestado de V. N. de Famalicão, em parceria com a Confraria das Santas Chagas da paróquia de Santo Adrião, apresentando aos presentes uma reflexão sobre o tema: “Ano da Fé - a amabilidade e a credibilidade do que cremos”.

Deste modo, nesta Conferência que teve lugar às 21h30 no Auditório da Fundação Cupertino de Miranda, e que contou com a moderação do P.e Francisco Carreira, o orador convidado iniciou a sua apresentação começando por referir e explicar que “S. João, no seu Evangelho, usa quatro diferentes verbos para definir em diferentes graus de profundidade o verbo ver”, acrescentando que “estes são verbos que apontam para o verbo crer”, na medida em que “para crer tenho de conhecer, de escutar, de acolher, de seguir, de amar, …”. Deste modo, e como referiu também, “crer no quarto Evangelho é um processo, um caminho com etapas e graus sucessivos”.

Depois de focar “a ambivalência dos sinais no processo da Fé”, o professor José Carlos Carvalho centrou-se no episódio de S. Tomé e na resposta que lhe é dada por Jesus – “Felizes aqueles que não vêem, e mesmo assim acreditam” – para explicar que “a Fé busca razões que tornam o acto de crer sustentável, razoável, credível e amável”, pois, e como salientou, “a Fé tem de ter sentido e fazer sentido, não podendo ter apenas uma razão meramente intimista”.

O orador destacou que “a crença tem de ser pensada”, pois “faz parte da Fé a reflexão e a busca da verdade”, para que possamos perceber “quais os motivos que tornam Jesus Cristo credível e amável, Ele que acabou sozinho e morto na cruz em dia de sexta-feira santa”.

Evocando o facto de vivermos, actualmente, “uma crise de confiança nas pessoas e nas instituições”, o conferencista alertou para “a necessidade de nos distanciarmos de nós mesmos para escutar, buscar a verdade, a coerência, a significação, a amabilidade e a credibilidade do que cremos”, desafiando a viver ao “estilo crente”, isto é, “com capacidade de questionar e de escutar”, acrescentando ainda que “a Fé gera-se com a vida, começando no próprio acto em que fomos gerados, continuando depois crescendo, conhecendo e aprofundando”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:14 | link do post | comentar

… que Tu, Jesus, subiste aos Céus, enviando-nos o Espírito Santo, para que vivamos sempre na esperança de um dia estarmos eternamente Contigo, contemplemos a Tua glória e experimentemos as maravilhas infinitas da Tua divina graça!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

665. A ascensão de Cristo marca a entrada definitiva da humanidade de Jesus no domínio celeste de Deus, de onde há-de voltar (1) mas que, entretanto, O oculta aos olhos dos homens (2).

 

666. Jesus Cristo, cabeça da Igreja, precede-nos no Reino glorioso do Pai, para que nós, membros do seu corpo, vivamos na esperança de estarmos um dia eternamente com Ele.

 

667. Jesus Cristo, tendo entrado, uma vez por todas, no santuário dos céus, intercede incessantemente por nós, como mediador que nos garante permanentemente a efusão do Espírito Santo.

 

680. Cristo Senhor reina já pela Igreja, mas ainda não Lhe estão submetidas todas as coisas deste mundo. O triunfo do Reino de Cristo só será um facto, depois dum último assalto das forças do mal.

 

681. No dia do Juízo, no fim do mundo, Cristo virá na sua glória para completar o triunfo definitivo do bem sobre o mal, os quais, como o trigo e o joio, terão crescido juntos no decurso da história.

 

682. Quando vier; no fim dos tempos, para julgar os vivos e os mortos, Cristo glorioso há-de revelar a disposição secreta dos corações, e dará a cada um segundo as suas obras e segundo tiver aceite ou recusado a graça.

 

(1). Cf. Act 1, 11.

(2). Cf. Cl 3, 3.

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 11:17 | link do post | comentar

Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Coordenadores Paroquiais ...

PARA AJUDAR A MELHOR VIVE...

Formação de Adultos desaf...

Movimentos da Acção Catól...

Movimento “Eu Sou Matriz”...

Dia Internacional do Trab...

Arquidiocese de Braga ini...

Antas acolheu em festa o ...

Novo pároco de Antas toma...

Crismandos de várias comu...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds