Quinta-feira, 29 de Maio de 2014

…o cristão doente é ungido com óleo, recebendo o perdão e o consolo com que o Sacramento da Unção dos Enfermos alivia o seu sofrimento e o enche de alento e de esperança para viver configurado com Cristo na sua dor!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

1530Só os sacerdotes (presbíteros e bispos) podem ministrar o sacramento da Unção dos Enfermos; para isso, empregarão óleo benzido pelo bispo ou, em caso de necessidade, pelo próprio presbítero celebrante.

 

1531. O essencial da celebração deste sacramento consiste na unção na fronte e nas mãos do doente (no rito romano) ou sobre outras partes do corpo (no Oriente), unção acompanhada da oração litúrgica do sacerdote celebrante que pede a graça especial deste sacramento.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 11:20 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23 de Maio de 2014

 

“Responsabilidade Cívica e Cidadania, um desafio em permanente actualização, que interpela e faz pensar”, poderia ser a conclusão principal tirada das diferentes reflexões dos grupos de militantes da LOC/MTC (Liga Operária Católica / Movimento de Trabalhadores Cristãos) da Arquidiocese de Braga ao concluir a sua 3ª semana temática, cujas conclusões a Equipa Diocesana decidiu tornar públicas.

Fazendo uso do seu método de reflexão, Ver, Julgar e Agir, que permite uma abrangência do todo da vida da pessoa humana, principalmente onde actuam e vivem os mais pobres, os militantes da LOC/MTC reuniram-se em pequenos grupos, um pouco por toda a Arquidiocese, tendo também reunido os militantes do Arciprestado de V. N. Famalicão.

Das reflexões realizadas os membros do Movimento reafirmaram que “a cidadania é um conjunto de direitos e deveres que o cidadão tem ao seu dispor, que fazem parte da organização da sociedade. O problema surge quando alguém não cumpre esses mesmos direitos e deveres e se apodera deles a título individual ou de grupos de interesses”. Os militantes acrescentam ainda que “num breve olhar sobre a cidadania, constatamos que alguns dos seus pilares fundamentais começaram a ser atacados pela ganância, o pensamento único, o lucro fraudulento, impedindo os cidadãos de exercer direitos que levaram vidas a conquistar e conduzindo ao desinteresse pelo que é de todos”.

Deste modo, “para que a participação activa regresse em força, é necessário curar as chagas abertas pela corrupção, fanatismos e desprezo pela vida da pessoa humana”, ao mesmo tempo que se defende que “devem ser as instituições públicas estatais e autárquicas a demonstrar que a prática da cidadania é possível, tornando-a visível e mais participada”.

Apesar de todas as dificuldades, os militantes pretenderam afirmar, “com a sua fé no Ressuscitado, que há que enfrentar o medo e denunciar profeticamente as injustiças impostas. Decidiram apelar a uma cultura da responsabilidade, capaz de gerar espaços de liberdade, fraternidade e solidariedade nos locais de trabalho, de residência e na comunidade envolvente”.

Em jeito de compromisso, as conclusões enfatizam ainda que “como trabalhadores cristãos, estando inseridos nas diferentes estruturas sociais e eclesiais, não vivemos num mundo à parte e somos cidadãos de pleno direito. Queremos dar à sociedade o nosso contributo com um olhar de esperança que contraponha com o vazio das futilidades e faça emergir o testemunho de uma vida simples que tem como referência a nossa Fé em Jesus Cristo”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:57 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21 de Maio de 2014

…o cristão gravemente enfermo ou em perigo de morte experimenta o consolo incomparável da Tua presença paternal e salvífica, fortalecendo-se na alegria inabalável e sem fim de se saber e sentir infinitamente amado por Ti!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

1528. 0 tempo oportuno para receber a Santa Unção chegou certamente quando o fiel começa a encontrar-se em perigo de morte, devido a doença ou a velhice.

 

1529. Todas as vezes que um cristão cai gravemente enfermo, pode receber a Santa Unção; e também quando, mesmo depois de a ter recebido, a doença se agrava.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:11 | link do post | comentar

Terça-feira, 20 de Maio de 2014

 

A Equipa Arquidiocesana de Pastoral da Família promove,  no próximo dia 24 de Maio, sábado, a celebração do Dia Arquidiocesano da Família. Esta iniciativa, este ano subordinada ao tema “Solidariedade Familiar”, realiza-se, desta feita, no Arciprestado de V. N. Famalicão, no Centro Pastoral da Paróquia de Santo Adrião de V. N. Famalicão.

O encontro tem início marcado para as 16h30, com um momento de acolhimento aos participantes. Segue-se, às 17h00, um painel composto por D. António Moiteiro, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Braga, por Bernardino José Torres da Silva, do Departamento Arquidiocesano “Comissão Justiça e Paz”, e por Sofia Fernandes, Vereadora da Família da Câmara de Vila Nova de Famalicão.

Terminado o painel às 18h45, tem lugar a celebração da Eucaristia, às 19h15, presidida por  D. António Moiteiro.

O encontro prossegue com o jantar, às 20h30, com um custo de 5€ por pessoa, terminando depois com um Concerto às 21h30.

A entrada é livre e todas as famílias estão convidados a participar neste momento de formação, partilha, oração e convívio, podendo realizar a sua inscrição na respectiva paróquia ou obtendo informações através do e-mail da Equipa Arquidiocesana (familiadebraga@gmail.com) ou da Equipa Arciprestal da Pastoral Familiar de V. N. Famalicão (familia.arciprestado@gmail.com).

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 12:00 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15 de Maio de 2014

 

No passado sábado, dia 10 de Maio, o Arciprestado de V. N. Famalicão promoveu a realização do Dia Arciprestal dos Movimentos Juvenis. Esta iniciativa, realizada em plena 51ª Semana de Oração pelas Vocações, intitulada de “Bem Abenturar-te”, teve como objectivo despertar os jovens de todo o Arciprestado para a descoberta da missão de todo o cristão de viver a sua Fé no serviço ao próximo, como fonte da verdadeira felicidade.

Destinando-se particularmente aos jovens e adolescentes, aqueles que se encontram em fase de discernimento vocacional, ou seja, aos elementos dos Grupos de Jovens, aos elementos do Corpo Nacional de Escutas e à Catequese da adolescência, do 7º ao 10º ano, de todas as comunidades paroquiais do Arciprestado, esta actividade envolveu, aproximadamente, 150 pessoas.

O encontro iniciou às 15h00 no Parque da Devesa com um momento de acolhimento, em que foram recolhidos os bens alimentares e higiénicos trazidos pelos jovens participantes. Estes bens foram entregues aos responsáveis das Conferências Vicentinas do Arciprestado, presentes no local, que brevemente os  farão chegar às várias Conferências das diferentes paróquias do Arciprestado e que fazem questão de deixar uma nota de agradecimento a todos os jovens participantes, assim como à Equipa da Pastoral Juvenil que promoveu e organizou esta iniciativa.

Depois de divididos em diferentes grupos, os jovens participaram num conjunto de diferentes actividades e jogos, todos eles inspirados na Mensagem do Santo Padre para o Dia Mundial da Juventude - «Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu» (Mt 5, 3), que ajudaram os jovens a reflectir e a despertar para a bem-aventurança da caridade e do serviço aos outros, sobretudo para com os mais pobres e desfavorecidos. Ao final da tarde, alguns dos jovens participantes deslocaram-se à cantina social onde confeccionaram o jantar para os sem abrigo, seguindo-se a respectiva distribuição.

Depois do jantar partilhado por todos, e das palavras de agradecimento endereçadas a todos os presentes pelo Arcipreste de V. N. Famalicão, o P.e Paulino Carvalho, e pelo Assistente da Equipa da Pastoral Juvenil, o P.e Nuno Vilas Boas, a actividade terminou com um concerto no anfiteatro do Parque da Devesa. Assim, o P.e Sandro Vasconcelos e a orquestra que o acompanha, deliciaram todos os presentes com as músicas que compõem o seu espectáculo “Olhar-Te”. Esta revelou-se “uma bela forma de terminar uma tarde diferente e de corroborar o que se viveu e aprendeu, assim como de fortalecer a Fé que também se procurou firmar, testemunhar e celebrar ao longo deste dia”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 12:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 13 de Maio de 2014

…o cristão doente recebe a graça especial do Teu amor que cura e salva, restaura-se na alegria do Teu perdão e experimenta o alívio balsâmico de viver e permanecer profundamente unido a Ti!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

1526.  «Algum de vós está doente? Chame os presbíteros da Igreja, para que orem sobre ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor. A oração da fé salvará o doente e o Senhor o aliviará. E, se tiver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados» (Tg 5, 14-15).

 

1527. O sacramento da Unção dos Enfermos tem por finalidade conferir uma graça especial ao cristão que enfrenta as dificuldades inerentes ao estado de doença grave ou de velhice.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:02 | link do post | comentar

Quarta-feira, 7 de Maio de 2014

…ganho e sinto a incomparável paz que sempre procuro e anseio, reconciliando-me Contigo, Deus de infinita misericórdia, e com toda a Tua Igreja por meio do Sacramento da Confissão que, devolvendo-me a Ti e ao Teu amor, me devolve a serenidade da consciência e a consolação espiritual!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

 

1495. Só os sacerdotes que receberam da autoridade da Igreja a faculdade de absolver podem perdoar os pecados em nome de Cristo.

 

1496. Os efeitos espirituais do sacramento da Penitência são:

–  a reconciliação com Deus, pela qual o penitente recupera a graça;
–   a reconciliação com a Igreja;
–   a remissão da pena eterna, em que incorreu pelos pecados mortais;
–   a remissão, ao menos em parte, das penas temporais, consequência do pecado;
–   a paz e a serenidade da consciência e a consolação espiritual;
–   o acréscimo das forças espirituais para o combate cristão.

 

1497. A confissão individual e integral dos pecados graves, seguida da absolvição, continua a ser o único meio ordinário para a reconciliação com Deus e com a Igreja.

 

1498. Por meio das indulgências, os fiéis podem obter para si próprios, e também para as almas do Purgatório, a remissão das penas temporais, consequência do pecado.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:46 | link do post | comentar

Quinta-feira, 1 de Maio de 2014

 

No próximo dia 10 de Maio, sábado, realiza-se em V. N. de Famalicão o Dia Arciprestal dos Movimentos Juvenis. Trata-se de uma iniciativa promovida pelo Arciprestado de V. N. Famalicão, em plena 51ª Semana de Oração pelas Vocações, intitulada de “Bem Abenturar-te”, tendo como objectivo despertar os jovens de todo o Arciprestado para a descoberta do sentido vocacional da vida de todo o cristão, chamado a celebrar a Fé da Igreja com alegria e entusiasmo. Este ano, a partir da Mensagem do Santo Padre para o Dia Mundial da Juventude - «Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu» (Mt 5, 3) -, a equipa organizadora optou pela realização de um conjunto de actividades que promovem o sentido do voluntariado e do serviço, como fonte da verdadeira felicidade entre os jovens.

Logo, este encontro destina-se particularmente aos jovens e adolescentes (aqueles que se encontram em fase de discernimento vocacional), ou seja, aos elementos dos Grupos de Jovens, aos elementos do Corpo Nacional de Escutas (exploradores, pioneiros e caminheiros), à Catequese da adolescência (do 7º ao 10º anos) de todas as comunidades paroquiais do Arciprestado, que neste dia com o seu catequista fazem a catequese no contexto desta actividade, assim como a outros grupos existentes na paróquia, que desejem também participar.

Este encontro tem lugar em V. N. Famalicão, iniciando às 15h00 no Parque da Devesa com um momento de acolhimento, seguindo-se depois um conjunto de diferentes actividades. Estando bom tempo, os jovens de mais tenra idade concentrar-se-ão no Parque da Devesa onde realizarão jogos que os levem a discutir e a entender a importância do voluntariado e da solidariedade. Os restantes serão divididos em grupos: na cantina social confeccionarão o jantar para os sem abrigo com a respectiva distribuição; no centro social de Brufe confeccionarão a sopa para distribuir à noite pelos jovens que participam na actividade e pelas pessoas sinalizadas pelo centro; no Parque da Devesa recolherão e distribuirão bens alimentares e higiénicos que serão posteriormente entregues às várias conferências vicentinas do Arciprestado que, por sua vez, os farão chegar às famílias mais carenciadas.

Depois do jantar partilhado por todos, a actividade termina com um espectáculo / concerto no anfiteatro do Parque da Devesa.

Assim, “esta é uma oportunidade para os jovens do Arciprestado viverem um dia diferente, de partilha e convívio, mas também um dia em que todos se sintam chamados à vocação baptismal do anúncio de Jesus Cristo, isto é, interpelados a viver a bem-aventurança do serviço e da doação ao outro”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:42 | link do post | comentar

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
17
18

19
20
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

Equipa Arciprestal de Cat...

Antiga Matriz de Famalicã...

Clero de Famalicão reunid...

Desperta Esperança!

ARTIGO DO P.E MÁRIO MARTI...

Arciprestado de Famalicão...

Desperta Esperança!

D. Jorge Ortiga visitou e...

Arquidiocese de Braga cel...

Desperta Esperança!

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds