Quarta-feira, 29 de Abril de 2015

L1080712.JPG

 No passado sábado, dia 25 de Abril, a Equipa de Pastoral Juvenil do Arciprestado de V. N. Famalicão promoveu a realização do Dia Arciprestal dos Movimentos Juvenis. Esta iniciativa, realizada em plena 52ª Semana de Oração pelas Vocações, intitulada de “Mostra-te” e inspirada na Mensagem do Santo Padre para o Dia Mundial da Juventude – «Felizes os puros de coração, porque verão a Deus» (Mt 5, 8), teve como objectivo despertar os jovens para a descoberta do sentido vocacional da vida de todo o cristão, chamado a viver a Fé da Igreja com alegria e entusiasmo. Destinando-se particularmente aos jovens e adolescentes, aqueles que se encontram em fase de discernimento vocacional, ou seja, aos elementos dos Grupos de Jovens, aos elementos do Corpo Nacional de Escutas (pioneiros e caminheiros), à Catequese da adolescência (do 9º e 10º anos) de todas as comunidades paroquiais do Arciprestado, esta actividade envolveu, aproximadamente, 150 pessoas. O encontro, realizado no Centro Cívico e Pastoral de V. N. Famalicão, iniciou às 21h00 com um momento de acolhimento, em que foram recolhidos os bens alimentares e higiénicos trazidos pelos jovens participantes. Estes bens foram entregues aos responsáveis das Conferências Vicentinas do Arciprestado, presentes no local, que brevemente os farão chegar às várias Conferências das diferentes paróquias do Arciprestado. De seguida, e depois do Assistente da Equipa da Pastoral Juvenil, o P.e Nuno Vilas Boas, dar as boas-vindas a todos os presentes, foi tempo de dar a palavra aos convidados do encontro. Assim, o P.e Carlos Carneiro, sacerdote jesuíta, o músico Manuel Fúria, e o Chefe Joaquim Freitas, desde sempre ligado ao escutismo e Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Conselho Nacional de Juventude, maravilharam e prenderam a atenção dos jovens presentes com a partilha dos seus testemunhos de fé e de discernimento vocacional. Com percursos distintos, e chamados a diferentes vocações, do discurso dos três ressalta-se uma nota comum: cada um afirmou a “alegria de ser católico” e assumiu-se “profundamente feliz por centrar a sua vida na pessoa de Jesus Cristo”, desafiando os jovens presentes no encontro a “não terem medo nem vergonha de ser católicos”, ousando percorrer o mesmo “caminho de felicidade”. Seguiu-se um momento de animação musical, a cargo do Grupo de Jovens da paróquia de Palmeira, abrindo-se depois um tempo ao diálogo, em que os presentes puderam colocar questões aos convidados. O encontro, que contou também com a estreita colaboração do Grupo de Jovens de Mouquim e com a animação a cargo do Corpo Nacional de Escutas, terminou com uma pequena dinâmica, em que cada jovem participante deixou um breve testemunho num coração, colocado numa árvore, numa clara alusão ao cartaz e temática de fundo do ano pastoral, dedicado em toda a Arquidiocese à Fé Vivida. No final houve ainda tempo para um lanche, terminando assim a noite em ambiente festivo, de partilha e de agradável convívio entre todos.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 16:42 | link do post | comentar

Terça-feira, 28 de Abril de 2015

Convidados para a grande festa do Senhor,

Desafiados a guardar o domingo e outros dias santos de preceito,

Evocando e celebrando a Alegria triunfante da Ressurreição

E saboreando as delícias eternas do banquete do Amor!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

  1. «Guarda o dia do sábado para o santificar» (Dt 5, 12). «O sétimo dia será um dia de repouso completo, consagrado ao Senhor» (Ex 31, 15).
  2. O sábado, que representava o acabamento da primeira criação, é substituído pelo domingo, que lembra a criação nova, inaugurada na ressurreição de Cristo.
  3. A Igreja celebra o dia da ressurreição de Cristo no oitavo dia que, com razão, se chama dia do Senhor ou domingo (1).
  4. «O domingo [...] deve guardar-se em toda a Igreja como o primordial dia festivo de preceito» (2). «No domingo e outros dias santos de preceito, os fiéis têm obrigação de participar na Missa» (3).
  5. «No domingo e nos outros dias festivos de preceito, os fiéis [...] abstenham-se daqueles trabalhos e negócios que impeçam o culto a prestar a Deus, a alegria própria do dia do Senhor ou o devido descanso do espírito e do corpo» (4).
  6. A instituição do domingo contribui para que «todos gozem do tempo suficiente de repouso e lazer, que lhes permita atender vida familiar, cultural, social e religiosa» (5).
  7. Todo o cristão deve evitar impor a outrem, sem necessidade, o que o impeça de guardar o Dia do Senhor.

 

(1). Cf. II Concílio do Vaticano, Const. Sacrosanctum Concilium, 106: AAS 56 (1964) 126.

(2). CIC can. 1246, § 1.

(3). CIC can. 1247.

(4). CIC can. 1247.

(5). II Concílio do Vaticano, Const. past. Gaudium et spes, 67: AAS 58 (1966) 1089.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:18 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24 de Abril de 2015

489497.jpg

 

Nos próximos dias 28, 29 e 30 de Abril, os Leitores provenientes das diferentes paróquias do Arciprestado de V. N. Famalicão terão oportunidade de viver um tempo de formação.

Trata-se de uma iniciativa promovida pelo Arciprestado, em consonância com a Pastoral Litúrgica Diocesana, sendo uma oportunidade para aprofundar e enriquecer o espírito de forma a enobrecer a missão.

Esta formação decorre no Centro Pastoral de Vila Nova de Famalicão tendo início às 21h15 e encerrando pelas 22h45.

O Arciprestado de V. N. Famalicão desafia, assim, todos os Leitores das diferentes comunidades a viver mais este momento de formação, que os ajudará a desenvolver uma consciência mais séria e comprometida relativamente ao ministério litúrgico que prestam nas suas comunidades paroquiais, para que, aprofundando e fortalecendo a sua Fé, e imbuídos de espírito litúrgico, a possam viver no serviço aos irmãos e na fidelidade à Palavra de Deus.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 21 de Abril de 2015

Chamados ternamente pelo próprio nome

No eco da doçura de Deus que convida à Sua intimidade,

Onde se renovam, convertem, alegram e fortalecem

Para exultarem vibrantes as maravilhas do Seu Amor!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

  1. No Baptismo, o cristão recebe o seu nome na Igreja. Procurem os pais, os padrinhos e o pároco que lhe seja imposto um nome cristão. O patrocínio dum santo oferece um modelo de caridade e assegura a sua intercessão.
  2. O cristão começa as suas orações e as suas actividades pelo sinal da cruz «em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Ámen».
  3. Deus chama a cada um pelo seu nome (1).

(1). Cf. Is 43, 1.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 16:50 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16 de Abril de 2015

cartaz DAMJ.jpg

 No próximo dia 25 de Abril, sábado, realiza-se em V. N. de Famalicão o Dia Arciprestal dos Movimentos Juvenis. Trata-se de uma iniciativa promovida pela Equipa de Pastoral Juvenil do Arciprestado, em plena 52ª Semana de Oração pelas Vocações, intitulada de “Mostra-te”, tendo como objectivo despertar os jovens para a descoberta do sentido vocacional da vida de todo o cristão, chamado a viver a Fé da Igreja com alegria e entusiasmo. Este ano, a partir da Mensagem do Santo Padre para o Dia Mundial da Juventude – «Felizes os puros de coração, porque verão a Deus» (Mt 5, 8) –, a equipa organizadora optou pela realização de um serão de sábado diferente, que contará com os testemunhos de alguns convidados, tais como o P.e Carlos Carneiro, o Músico Manuel Fúria, entre outros.

Logo, este encontro destina-se particularmente aos jovens e adolescentes (aqueles que se encontram em fase de discernimento vocacional), ou seja, aos elementos dos Grupos de Jovens, aos elementos do Corpo Nacional de Escutas (pioneiros e caminheiros), à Catequese da adolescência (do 9º e 10º anos) de todas as comunidades paroquiais do Arciprestado, assim como a outros grupos existentes nas paróquias, que desejem também participar.

Desta feita, esta iniciativa tem lugar no Centro Cívico e Pastoral de V. N. Famalicão, iniciando às 21h00 com um momento de acolhimento. Segue-se depois um tempo dedicado à escuta e partilha dos testemunhos dos convidados, além de alguns momentos de animação musical.

Em pleno Ano Social, em que somos particularmente desafiados a olhar as necessidades dos irmãos, os jovens participantes deverão levar consigo um bem alimentar ou de higiene que serão posteriormente entregues às várias conferências vicentinas do Arciprestado que, por sua vez, os farão chegar às famílias mais carenciadas.

Para facilitar a logística do encontro as paróquias ou grupos podem informar previamente a organização sobre o número de pessoas que irão participar, através do seguinte e-mail: pastoraljuvenil.vnf@gmail.com.

Assim, “esta é uma oportunidade para os jovens do Arciprestado viverem um serão diferente, de partilha e convívio, mas também um encontro em que todos se sintam chamados à vocação baptismal do amor ao próximo e do anúncio de Jesus Cristo, isto é, interpelados a viver a bem-aventurança de quem tem um coração puro, capaz de ver a Deus em cada irmão e de se mostrar em gestos de caridade e de esperança”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:38 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15 de Abril de 2015

Filhos do Deus sempre fiel e misericordioso,

Chamados a respeitar e a admirar o Seu santo nome,

Na resposta alegre e comprometida do Amor

E no testemunho autêntico e verdadeiro da Fé!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

  1. «Senhor; nosso Deus, como é admirável o vosso nome em toda a terra! (Sl 8, 2).
  2. O segundo mandamento manda respeitar o nome do Senhor: O nome do Senhor é santo.
  3. O segundo mandamento proíbe o uso inconveniente do nome de Deus. A blasfémia consiste em usar o nome de Deus, de Jesus Cristo, da Virgem Maria e dos santos de modo injurioso.
  4. O juramento falso invoca Deus como testemunha duma mentira. O perjúrio é uma falta grave contra o Senhor; sempre fiel às suas promessas.
  5. «Não jurar nem pelo Criador, nem pela criatura, senão com verdade, por necessidade e com reverência» (1).

(1). Santo Inácio de Loiola, Exercitia spiritualia, 38: MHSI 100, 174.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 12:24 | link do post | comentar

Quinta-feira, 9 de Abril de 2015

CAMINHADA TODOS PELO SAMEIRO.jpg

 Realiza-se no próximo dia 19 de Abril, domingo, a 2ª edição da iniciativa “Caminhada todos pelo Sameiro”, cujo grande objectivo se prende com a angariação de fundos para o restauro do telhado da Basílica deste conhecido santuário mariano situado em Braga.

A caminhada tem início marcado para as 9h30, sendo o local de partida o Complexo Desportivo da Rodovia.

Aqueles que desejem participar deverão inscrever-se, se possível até ao próximo dia 12. A inscrição tem um custo simbólico de 2€ para os menores de 15 anos e de 5€ para os maiores de 15 anos. As inscrições fora de prazo implicam um pequeno custo adicional.

Para realizar a inscrição ou para obter mais informações, os interessados devem contactar a Casa das Estampas do Sameiro (estampas.sameiro@gmail.com – 252 603 627), os Serviços Centrais da Arquidiocese (geral@arquidiocese-braga.pt – 253 203 180) ou o Museu Pio XII (geral@museupioxii.com – 253 200 130).

Tratando-se de uma causa solidária a favor da conservação da beleza e da riqueza de um santuário mariano localizado na nossa Diocese de Braga, que é património de todos, para além de ser um importante local de culto e um testemunho visível e sempre actual da Fé das gentes da Arquidiocese, todos somos interpelados a contribuir para a mesma.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 11:10 | link do post | comentar

Quarta-feira, 8 de Abril de 2015

Interpelados a reconhecer, na perfeita intimidade, o Deus de Amor,

Amando-O e adorando-O numa relação de profunda comunhão,

Como testemunho vivo, inquieto, fiel e entusiasmo de Fé

E anúncio vigoroso e inabalável de esperança e de alegria!

 

Do Catecismo da Igreja Católica:

  1. A superstição é um desvio do culto que prestamos ao verdadeiro Deus. Manifesta-se na idolatria, bem como nas diferentes formas de adivinhação e magia.
  2. O acto de tentar a Deus por palavras ou por obras, o sacrilégio e a simonia são pecados de irreligião, proibidos pelo primeiro mandamento.
  3. Na medida em que rejeita ou recusa a existência de Deus, o ateísmo é um pecado contra o primeiro mandamento.
  4. O culto das imagens sagradas funda-se no mistério da encarnação do Verbo de Deus. E não é contrário ao primeiro mandamento.

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 14:55 | link do post | comentar

Terça-feira, 7 de Abril de 2015

Pagela Visita Pascal 2015 1_001.JPG

 

“A Cruz é passagem do Amor!”

 

A Cruz não nos parece uma realidade atractiva e apetecível, particularmente nestes tempos hodiernos em que nos é constantemente apregoada a busca do conforto e do bem-estar, numa lógica comodista, e até algo egoísta, que nos interpela à prática de uma vida facilitada, porque descomprometida, porque pouco oferecida ao outro!

De facto, e se começarmos por olhar para a Cruz de Jesus e nos determos nos detalhes da Sua paixão e morte, não gostamos do que vemos! A olho nu, e entenda-se nu de Fé, totalmente despedido de amor, estas são imagens carregadas de sofrimento, violência, injustiça, ódio, manchadas pelas tonalidades tristes do medo e da desesperança! Não parece nada bela e atractiva esta Cruz! Do mesmo modo, também não nos parece nada desejável assumirmos a Cruz na doação do amor e da vida aos outros… dá trabalho, ocupa-nos tempo, priva-nos dos nossos prazeres e caprichos, tolhe os nossos projectos e interesses e compromete as nossas ânsias de poder e riqueza!

Porém, o cristão precisa de reeducar o seu olhar diante da Cruz, revestindo os seus olhos com a luz da Fé! Se a nossa Cruz nos dói e fere os nossos ombros com o peso do nosso pecado, ao tomá-la como Sua, Cristo confere-lhe um novo e belo sentido, salvífico e redentor! Assim, ao olharmos a Cruz de Jesus, onde Ele Se deu inteiramente por nós, apenas podemos ver Amor, na sua manifestação mais pura e profunda, no esplendor máximo da sua exigência, na exuberância do grito gaudioso que entoa e do perfume de festa primaveril que exala!

E se a entrega de Jesus já não nos deixa margem para dúvidas, é certo que várias vezes Ele nos faz um apelo directo ao amor à Cruz! É Ele próprio quem nos diz que “quem quiser segui-Lo deve tomar a sua cruz” (cf. Mt 16, 24) e que o corrobora afirmando que “se o grão de trigo lançado à terra morrer dará muito fruto” (cf. Jo 12, 24). É Jesus quem na última ceia coloca a toalha à cintura e lava os pés aos seus discípulos, afirmando “dei-vos o exemplo para que o façais vós também” (cf. Jo 13, 15).

Jesus insiste incessantemente, em palavras e em gestos, que devemos seguir o caminho da Cruz. Hoje, o Papa Francisco continua a insistir que precisamos ser uma Igreja em saída capaz de partir ao encontro do outro que nos espera nas periferias da vida! Por isso, alertava na sua mensagem para esta Quaresma para a necessidade de “termos um coração forte e misericordioso, vigilante e generoso,  que não se deixa fechar em si mesmo nem cai na  vertigem da globalização da indiferença”.

A Páscoa, já próxima, continua a ser esta mesma e sempre nova insistência, de purificarmos, convertermos e fortalecermos os nossos corações na Cruz! Na ressurreição de Jesus a Cruz revela-se passagem… passagem da morte à vida, passagem da escravidão do meu egoísmo, que me aprisiona dentro de mim mesmo, à liberdade vivificante do Amor, que quebra todas as correntes do medo e da dor! É na Cruz que reside a nossa salvação! É na Cruz, Árvore da Vida, que somos instrumento de Caridade e convertemos a Fé que professamos em vida abundante, através das Obras de Misericórdia! Tomar a Cruz hoje é precisamente dar de comer a quem tem fome, dar de beber a quem tem sede, vestir os nus, dar pousada aos peregrinos, assistir aos enfermos, visitar os presos, enterrar os mortos, dar bom conselho, ensinar os ignorantes, corrigir os que erram, consolar os aflitos, perdoar as injúrias, sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo, rogar a Deus por vivos e defuntos.

É este o grande desafio para todos: façamos da Páscoa a festa da Fé que se vive assumindo a Cruz do Amor sem reservas e anunciando na vida de cada irmão a Boa Nova da Ressurreição, para que o hino de Aleluia embale todos os corações e cada homem experimente a alegria triunfante desta certeza: “O Senhor Ressuscitou verdadeiramente” (cf. Lc 24, 34)!

 

Santa e Fecunda Páscoa!

 

P.e Paulino Carvalho



publicado por arciprestadovnfamalicao às 11:12 | link do post | comentar

Quinta-feira, 2 de Abril de 2015

Cartaz.Concurso.jpg

 A Confraria das Santas Chagas, em parceria com a Paróquia de Santo Adrião, promove o III Concurso de Fotografia”, desta feita subordinado à temática “Os outros rostos de Cristo…Obras de Misericórdia…”, em consonância com o Programa Pastoral proposto pela Arquidiocese para o presente ano.

O concurso desafia aqueles que têm gosto por fotografia a registar as melhores imagens entre os dias 21 de Março e 19 de Abril de 2015, no âmbito dos eventos culturais e religiosos das Solenidades da Semana Santa e Festa da Páscoa de Vila Nova de Famalicão. Os participantes poderão inscrever-se no concurso, até ao dia 19 de Abril, através do seguinte e-mail: confraria.santas.chagas@gmail.com.

Para mais esclarecimentos sobre o regulamento, os interessados poderão recorrer ao e-mail supracitado ou consultar a página da Confraria no Facebook (https://www.facebook.com/confraria.santas.chagas).

Entretanto, em plena Semana Santa, a Confraria das Santas Chagas leva a efeito algumas das iniciativas mais importantes previstas no seu programa para esta Quaresma / Páscoa, nomeadamente as tradicionais procissões de quinta e sexta-feira Santa.

Assim, na quinta-feira, dia 2, primeiro dia do Tríduo Pascal, a Eucaristia com o rito do Lava-pés e da Ceia do Senhor tem lugar às 18h30 na Nova Matriz de V. N. Famalicão. Mais tarde, às 21h30, realiza-se a procissão do Senhor Ecce Homo, percorrendo diversas artérias da cidade.

Na sexta-feira, dia 3, o dia começa com Oração de Laudes às 10h30 na Nova Matriz. À tarde, às 15h00, realiza-se a celebração da Paixão e Morte do Senhor. No final do dia, às 21h30, tem lugar a procissão do Enterro do Senhor.

No sábado, dia 4, o momento alto é a Vigília Pascal, celebrada às 21h30 na Nova Matriz, preanunciando o Domingo da grande festa da Ressurreição, dia 5, marcado pela Visita Pascal, que inicia às 9h30.

A Missa do Domingo de Páscoa, que assinala também o encerramento da Visita Pascal, tem lugar às 12h30 na Nova Matriz de V. N. Famalicão.

 

Confraria das Santas Chagas de Santo Adrião



publicado por arciprestadovnfamalicao às 15:40 | link do post | comentar

Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Por Maria até Jesus

Clero de Famalicão viveu ...

“Vamos descansar um pouco...

Paróquia de S. Tiago de A...

Por Maria até Jesus

Arcebispo exortou ao acol...

Nomeado novo pároco para ...

Por Maria até Jesus

Por Maria até Jesus

Diácono Wilson Santos ord...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds