Sexta-feira, 30 de Outubro de 2015

Ass. Dioc. LOC- MTC.jpg

Realizou-se no passado sábado, dia 24 de Outubro, no Centro Pastoral Arquidiocesano, em Braga, a Assembleia Arquidiocesana da LOC/MTC – Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos, onde os militantes presentes foram desafiados a olhar e a intervir no mundo do trabalho, e na sociedade em geral, procurando sempre “anunciar o Evangelho”.

Este encontro contou com a presença dos militantes da Arquidiocese, de José Augusto Paixão, coordenador nacional do movimento, do P.e Manuel Simões, Assistente Nacional, de Virgínia Sousa em representação da Diocese do Porto, assim como de Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, que esteve presente na abertura dos trabalhos e exortou a LOC/MTC a “uma nova vitalidade”, particularmente durante a vivência deste novo ano pastoral dedicado à “Fé Anunciada” e intitulado de “Ano Missionário”.

A ordem de trabalhos desta Assembleia contemplava, entre outras tarefas, a apreciação e aprovação do Plano de Acção, que, desta feita, desafia os militantes locistas a “continuar um empenhamento forte juntos e com os trabalhadores dos meios mais desfavorecidos, dos reformados e dos desempregados para que os valores da solidariedade e da justiça sejam capazes de ganhar ainda mais força para mudar a realidade que oprime.”

Do olhar sobre o mundo do trabalho, enfatizou-se ainda a persistência em “declarar que é o trabalho humano que gera a sociedade justa, sustentável e inclusiva”. Por isso, “fortalecer os grupos de base, animar, formar e divulgar, são algumas das tarefas do movimento e dos militantes, que se pretende, levem à iniciação de novos grupos de Revisão de Vida”. Isto porque, como referido, todos são chamados a “olhar a vida das pessoas à luz dos critérios da Palavra de Deus, aprofundando o encontro pessoal com Cristo e n’Ele encontrar a força e a motivação para agir ao serviço da dignidade, da justiça e da fraternidade”.

Na parte da tarde do encontro, reservada à formação, os participantes contaram com o contributo de Manuel Pinto, professor na Universidade do Minho, a quem coube a apresentação do tema: “Transformações no mundo do trabalho, implicações na família e na sociedade”.

Foram ainda eleitos dois elementos para a coordenação diocesana deste movimento por um período de dois anos. Assim, Albertina Oliveira Gomes foi reconduzida como coordenadora e Francisco Morgado foi eleito vice coordenador.

A Assembleia terminou com a Celebração da Eucaristia, onde participaram também os militantes da JOC, naquele que foi um momento para agradecer a Deus o amor e a confiança que deposita em cada um dos militantes e nas suas vidas e de fortalecer a fidelidade na missão de evangelização que lhes foi confiada.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:27 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2015

DSC05136.JPG

 Tal como tem vindo a acontecer nos últimos anos, a Equipa Arciprestal de Catequese de Vila Nova Famalicão promoveu um encontro destinado aos Catequistas Coordenadores Paroquiais de Catequese de todas as paróquias do Arciprestado, com vista à preparação deste novo Ano Pastoral 2015-2016.

Desta feita, este encontro teve lugar no dia 19 de Outubro, pelas 21h15, no Centro Pastoral de Sto. Adrião, em Famalicão. A reunião contou com a presença dos elementos da Equipa Arciprestal de Catequese, nomeadamente do seu Assistente, o P.e António Loureiro, assim como um grupo de cerca de 50 catequistas coordenadores provenientes de muitas das paróquias do Arciprestado.

Num primeiro momento, depois de uma pequena dinâmica de acolhimento, tomou a palavra o P.e Armindo Freitas, Arcipreste de Vila Nova Famalicão, que quis estar presente neste encontro para lembrar aos catequistas o seu papel fundamental de evangelizadores e anunciadores da Fé no seio das respectivas comunidades, incentivando-os e agradecendo-lhes pelo serviço que prestam à Igreja.

De seguida, e após um momento de oração, foi tempo de apresentar e/ou recordar todos os objectivos propostos pelo Departamento Arquidiocesano da Catequese (DAC) para o Ano Pastoral 2015-2016. Assim, neste ano subordinado na Arquidiocese de Braga ao tema da “Fé Anunciada”, o plano do DAC tem como título a frase retirada do Evangelho de S. João que serve também de mote a esta temática - “Assim como Eu fiz, fazei vós também”. O objectivo geral continua a incidir sobre a importância de “reavivar, purificar, confirmar e confessar a Fé”, concretizável depois através de um objectivo específico, que passa por “consciencializar para o discipulado”. A este propósito foram apontadas algumas linhas de acção, tais como: “fomentar e aprofundar os laços na comunidade; considerar a vocação do catequista como seguimento de Jesus; valorizar a importância da catequese familiar / intergeracional; reflectir sobre o Decreto Ad Gentes”.

Posto isto, foram apresentadas algumas datas importantes para este ano pastoral, destacando-se, desde já, o Encontro Arciprestal de Catequistas, a realizar a 30 de Janeiro de 2016, assim como dois encontros de recolecção por ocasião do Advento e do Tempo Pascal, respectivamente a 27 de Novembro e a 25 de Abril.

Depois de um tempo aberto ao diálogo onde os presentes tiveram oportunidade de colocar questões, esclarecer dúvidas e/ou apresentar sugestões, o P.e António Loureiro tomou a palavra para agradecer a presença de todos, terminando o encontro com um breve momento de oração.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:33 | link do post | comentar

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2015

 

“Ide pelo mundo inteiro, proclamai o Evangelho a toda a criatura.”

                                                                                                         (Marcos 16, 15)

 

 

“Convido todo o cristão, em qualquer lugar e situação que se encontre, a renovar hoje mesmo o seu encontro pessoal com Jesus Cristo ou, pelo menos, a tomar a decisão de se deixar encontrar por Ele, de o procurar dia a dia sem cessar. Não há motivo para alguém poder pensar que este convite não lhe diz respeito, já que «da alegria trazida pelo Senhor ninguém é excluído».”

                                                                       (Papa Francisco, A Alegria do Evangelho, 3)

 

 

“A Igreja, enviada por Deus a todas as gentes para ser «sacramento universal de salvação», por íntima exigência da própria catolicidade, obedecendo a um mandato do seu fundador, procura incansavelmente anunciar o Evangelho a todos os homens. [...] A Igreja peregrina é, por sua natureza, missionária, visto que tem a sua origem, segundo o desígnio de Deus Pai, na «missão» do Filho e do Espírito Santo.”

                                                                                                             (Decreto Ad Gentes, 1-2)

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 19:32 | link do post | comentar

Segunda-feira, 19 de Outubro de 2015

 

“Assim como Eu fiz, fazei vós também.”

                                                (João 13, 15)

 

 

“A ALEGRIA DO EVANGELHO enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus. Quantos se deixam salvar por Ele são libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento. Com Jesus Cristo, renasce sem cessar a alegria.”

                                                                        (Papa Francisco, A Alegria do Evangelho, 1)

 

 

“Os cristãos são chamados a fazer brilhar, com a sua própria vida no mundo, a Palavra de verdade que o Senhor Jesus nos deixou. [...] A fé cresce quando é vivida como experiência de um amor recebido e é comunicada como experiência de graça e de alegria.”

                                                                                      (Papa Bento XVI, A Porta da Fé, 6-7)

 

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:57 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15 de Outubro de 2015

DSC05081.JPG

No passado fim-de-semana, nos dias 10 e 11 de Outubro, tiveram lugar mais duas das tomadas de posse previstas para o início deste ano pastoral no Arciprestado de V. N. Famalicão.

Deste modo, as paróquias de São Paio de Seide e Santa Maria de Abade de Vermoim receberam em ambiente festivo o seu novo pároco, o P.e Joaquim Machado Mesquita. As Eucaristias, marcadas, respectivamente, para as 19h00 de sábado e para as 9h00 de domingo, contaram com grande número de fiéis, que quiseram, assim, reafirmar o seu testemunho de fé e dar graças pelo dom do sacerdócio, acolhendo com alegria o seu novo pastor. O P.e Mesquita, também pároco de São Simão de Novais, substitui nas duas comunidades onde agora tomou posse o P.e Horácio Campos Moreira, dispensado, a seu pedido, e por razões de idade.

Ambas as celebrações contaram com a presença do Arcipreste de V. N. de Famalicão, o P.e Armindo Paulo Freitas, que empossou o novo pároco em nome do Arcebispo Primaz de Braga, dirigindo ainda palavras de gratidão ao seu antecessor, o P.e Horácio Moreira. Na sua intervenção, o Arcipreste deu também as boas-vindas ao sacerdote que assume esta nova missão, incentivando as comunidades paroquiais a viver em comunhão com o seu pároco, procurando ser “sinal de esperança” e fazendo com ele “caminho” no permanente “anúncio do Evangelho”.

Por sua vez, também o sacerdote empossado se comprometeu com as paróquias que lhe foram agora confiadas, salientando “a alegria sentida pelo acolhimento recebido” e afirmando que espera “encontrar corações abertos”, para que juntos possam dar “testemunho do Reino de Deus” e cada comunidade possa viver “seguindo fielmente a Jesus Cristo”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:05 | link do post | comentar

Terça-feira, 13 de Outubro de 2015

Cartaz.Flor.jpg

 

A Alegria do Anúncio!

 

“A Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus”, tal como afirma o Papa Francisco no início da sua Exortação Apostólica A Alegria do Evangelho!

A Alegria de Jesus Cristo Ressuscitado converte-nos em homens novos, renovados na Fé, restaurados na esperança e impregnados de amor! A Alegria do encontro íntimo e pessoal com o Senhor Jesus é a Alegria maior que nos anima, uma Alegria que não podemos calar nem conter! Esta é uma Alegria que nos convida a “sair” de nós mesmos, rasgando e vencendo todas as barreiras do egoísmo e da indiferença onde nos acomodamos! Esta é a Alegria que o próprio Jesus nos desafia a ousar anunciar, fazendo tal como Ele, amando até ao fim, “colocando a toalha à cintura” para “lavar os pés” e servir cada irmão que espera, sedento, um rasgo de esperança, um gesto de misericórdia, um sopro de felicidade! 

A Alegria do Anúncio é aquela que, como baptizados, precisamos, sem demora nem ocaso, experimentar e provocar largamente! Não há missão tão bela, tão rica e tão reconfortante como anunciar a cada coração Aquele que é a fonte inesgotável da Alegria!

Por isso, a Fé Anunciada, isto é, viver “A Alegria do Anúncio”, tem de ser testemunho inequívoco da nossa identidade cristã de discípulos missionários da misericórdia de Deus!

 

“Fé Anunciada: «Assim como Eu fiz, fazei vós também» (Jo 13, 15)” é precisamente o desafio que nos lança neste novo Ano Pastoral, iniciado no passado dia 4, a nossa Arquidiocese de Braga.

Assim, para ajudar cada cristão, cada homem e cada mulher, a continuar, à semelhança dos últimos anos, a redescobrir a sua identidade cristã, isto é, a (re)descobrir as razões da sua Fé, traduzindo-a no anúncio apaixonado, fiel e comprometido de Jesus Cristo, penhor da nossa alegria, o Jornal Cidade Hoje, numa iniciativa conjunta com o Arciprestado de V. N. Famalicão, publicará em todas as suas edições, ao longo dos próximos meses, um pequeno espaço de reflexão e oração.

Esse espaço será composto por 3 frases, sendo que uma delas será sempre da Sagrada Escritura e uma outra será uma frase do Papa Francisco (nomeadamente retirada da Exortação Apostólica A Alegria do Evangelho). Uma terceira frase será proveniente de algum outro documento da Igreja, nomeadamente da Porta da Fé de Bento XVI, do decreto Ad Gentes, assim como uma frase relacionada com o Jubileu da Misericórdia, que iniciará em Dezembro, ou outra.

Posto isto, estimado leitor, a partir da próxima semana e até ao final de Julho de 2016, poderá encontrar sempre neste espaço, intitulado de “A Alegria do Anúncio!”, uma interpelação para (re)descobrir as razões da fé, anunciando-a com fervoroso entusiasmo e renovada paixão!

 

A Alegria do Anúncio! - Eis o compromisso que nos conduz à experiência do encontro pessoal com Cristo Jesus! Assim, que este pequeno espaço de reflexão e oração seja o recanto onde nos renovamos e melhor nos preparamos para a missão de anunciadores da Fé, para que, à semelhança de S. Paulo, deixemos este eco vibrante de festa na vida de todos os homens: “Alegrai-vos sempre no Senhor! Alegrai-vos!” (cf. Fil 4, 4).  

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 01:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 6 de Outubro de 2015

LOC.jpg

 

A LOC/MTC (Liga Operária Católica / Movimento de Trabalhadores Cristãos) da Arquidiocese de Braga associa-se à Jornada Mundial pelo Trabalho Digno, no dia 7 de Outubro. Esta data foi também escolhida pelo MMTC- Movimento Mundial de Trabalhadores Cristãos, para desenvolver uma campanha mundial pelo Trabalho Digno e Rendimento Básico Incondicional, com diversas acções e debates, nos países onde o MMTC está implantado. Esta campanha pretende dar visibilidade aos graves problemas que se colocam ao mundo do trabalho, nomeadamente à falta dele, e trazer para debate quais as possíveis soluções para quem não tem qualquer rendimento para viver.

Integrado nesta campanha, nos dias 6 e 7 de Outubro de 2015, a LOC/MTC de Braga desenvolve as seguintes iniciativas:

No dia 6 de Outubro, pelas 21h00, no Salão Paroquial de Vila Nova de Sande – Guimarães tem lugar um Encontro / Debate sobre “Trabalho Digno e Rendimento Básico Incondicional”, com Fátima Almeida, antiga Coordenadora Nacional da LOC/MTC e membro da Comissão Nacional de Pastoral Operária.

No dia 7 de Outubro, em Braga, pelas 21h00, no Estaleiro Cultural da Senhora-a-Branca, n.º 23, realiza-se uma Tertúlia sobre “Trabalho Digno e Rendimento Básico Incondicional”, com Joana Gomes da OIT (Organização Internacional do Trabalho) e Robert Merrill da Iniciativa Cidadã Europeia por Portugal do RBI (Rendimento Básico Incondicional).

Também no dia 7 de Outubro, mas em Vila Nova de Famalicão, pelas 21h00, no Salão Paroquial de Carreira, tem lugar um Encontro / Debate sobre “Trabalho Digno, na óptica de uma empresária e de uma trabalhadora católica”, com Fátima Amorim - Presidente do Núcleo de Braga da ACEJ (Associação Cristã de Empresários e Gestores) e Teresa Costa - Coordenadora arciprestal da LOC/MTC e membro da Equipa Diocesana da LOC/MTC de Braga.

Na mesma data, mas desta feita em Barcelos, pelas 21h00, na Casa Paroquial de Santa Maria Maior (cidade), está agendado um Encontro / Debate sobre “Trabalho Digno”, com o P.e Porfírio Martins.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 16:57 | link do post | comentar

Sexta-feira, 2 de Outubro de 2015

Cartaz.Ano.Pastoral.jpg

 A Arquidiocese de Braga programou um quinquénio dedicado à temática da Fé, iniciado já há três anos atrás, aquando da celebração do “Ano da Fé” por parte da Igreja do mundo inteiro. Assim, depois de um primeiro ano subordinado ao tema da “Fé Professada”, um segundo dedicado à dimensão da “Fé Celebrada” e um último subordinado à “Fé Vivida”, toda a Arquidiocese, por meio de todos os seus Arciprestados e paróquias, está prestes a iniciar um novo Ano Pastoral, que agora se debruça sobre a dimensão da “Fé Anunciada”, pretendendo ser aquilo a que a Arquidiocese chama de “Ano Missionário”.

Desta feita, serve de mote ao Plano Pastoral para 2015-2016, publicado pela Arquidiocese já em Julho passado, a frase retirada do Evangelho de S. João: “Assim como Eu fiz, fazei vós também” (Jo 13, 15), sendo que o objectivo geral se mantém o mesmo ao longo de todo o quinquénio, isto é, “redescobrir a identidade cristã e o dom da fé, para uma «autêntica e renovada conversão ao Senhor» Jesus Cristo”.

Este objectivo geral concretiza-se na prática via alguns objectivos específicos, a seguir mencionados, também referidos no Plano Pastoral para este ano: “Anunciar a alegria do Evangelho; Viver como discípulos missionários e dar vida aos movimentos; Propor a todos uma Iniciação Cristã exigente e atractiva; Estudar o Decreto Ad Gentes sobre a actividade missionária da Igreja; Implementar a dinâmica missionária em cada comunidade (paroquial); Celebrar o Jubileu Extraordinário da Misericórdia”.

Ao centrar-se neste tema e ao traçar os objectivos acima apresentados, a Arquidiocese pretende obter como fruto “um testemunho alegre da presença de Jesus Cristo Ressuscitado no mundo”. Assim, e como refere o Plano Pastoral, citando a “Porta da Fé”, Carta Apostólica com que Bento XVI proclamou o “Ano da Fé”, “a renovação da Igreja realiza-se também através do testemunho prestado pela vida dos crentes: de facto, os cristãos são chamados a fazer brilhar, com a sua própria vida no mundo, a Palavra de verdade que o Senhor Jesus deixou. (…) A fé cresce quando é vivida como experiência de um amor recebido e comunicada como experiência de graça e de alegria”.

Deste modo, é a partir desta temática que neste momento o Arciprestado de V. N. Famalicão e as suas paróquias estão também a preparar o novo Ano Pastoral, cuja abertura está marcada para o dia 4 de Outubro em toda a Arquidiocese. Entretanto, todos são desafiados a apresentar sugestões junto das respectivas comunidades, podendo aceder ao documento do Plano Pastoral da Arquidiocese em http://www.diocese-braga.pt/.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 01:26 | link do post | comentar

Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Coordenadores Paroquiais ...

PARA AJUDAR A MELHOR VIVE...

Formação de Adultos desaf...

Movimentos da Acção Catól...

Movimento “Eu Sou Matriz”...

Dia Internacional do Trab...

Arquidiocese de Braga ini...

Antas acolheu em festa o ...

Novo pároco de Antas toma...

Crismandos de várias comu...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds