Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2016

MECs_end-01.JPG

 Nos próximos dias 3, 4 e 5 de Fevereiro, os Ministros Extraordinários da Comunhão (MEC’s) provenientes das diferentes paróquias do Arciprestado de Vila Nova Famalicão terão oportunidade de viver um tempo de formação.

Trata-se de uma iniciativa promovida pelo Arciprestado, sendo uma oportunidade para aprofundar e enriquecer o espírito de forma a enobrecer a missão, subordinada, desta feita, ao tema “Promotores da Misericórdia de Deus”.

Esta formação decorre no Centro Pastoral de Vila Nova de Famalicão, tendo início às 21h15 e encerrando pelas 22h30, sendo possível realizar a recondução para os MEC’s que necessitem de a fazer e que trataram previamente da respectiva documentação.

O primeiro encontro será orientado pelo P.e Nuno Castro, Delegado Arciprestal da Pastoral Litúrgica, que abordará o tema “Exercer o Ministério da Comunhão como Ministros das Parábolas de Deus”. Já no segundo dia estará presente o P.e Jorge Vilaça, do Departamento Arquidiocesano da Pastoral da Saúde, que centrará a sua apresentação nos “Sacramentos da Cura”. Por último, esta formação encerra com um momento de Adoração, em que todos são convidados a celebrar a Misericórdia de Deus.

O Arciprestado de Vila Nova Famalicão desafia, assim, todos os MEC’s das diferentes comunidades a viver mais este momento de formação, que os ajudará a desenvolver uma consciência mais séria e comprometida relativamente ao serviço que prestam nas suas comunidades paroquiais, para que, aprofundando e fortalecendo a sua Fé, a possam viver e anunciar como discípulos missionários da Misericórdia divina, na fiel devoção ao mistério eucarístico.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:35 | link do post | comentar

Terça-feira, 26 de Janeiro de 2016

 

“Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.”

(Mateus 5, 7)

 

“Não convém ignorar a enorme importância que tem uma cultura marcada pela fé, porque, não obstante os seus limites, esta cultura evangelizada tem, contra os ataques do secularismo actual, muitos mais recursos do que a mera soma dos crentes. Uma cultura popular evangelizada contém valores de fé e solidariedade que podem provocar o desenvolvimento duma sociedade mais justa e crente, e possui uma sabedoria peculiar que devemos saber reconhecer com olhar agradecido."

 

(Papa Francisco, A Alegria do Evangelho, 68)

 

“Na Sagrada Escritura, como se vê, a misericórdia é a palavra-chave para indicar o agir de Deus para connosco. Ele não Se limita a afirmar o seu amor, mas torna-o visível e palpável. Aliás, o amor nunca poderia ser uma palavra abstracta. Por sua própria natureza, é vida concreta: intenções, atitudes, comportamentos que se verificam na actividade de todos os dias. A misericórdia de Deus é a sua responsabilidade por nós. Ele sente-Se responsável, isto é, deseja o nosso bem e quer ver-nos felizes, cheios de alegria e serenos. E, em sintonia com isto, se deve orientar o amor misericordioso dos cristãos. Tal como ama o Pai, assim também amam os filhos. Tal como Ele é misericordioso, assim somos chamados também nós a ser misericordiosos uns para com os outros.” 

 

(Papa Francisco, Bula de Proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia)

 

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:21 | link do post | comentar

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2016

DSC05508.JPG

DSC05514.JPG

É imperativo “servir, abraçando a missão da evangelização”. Esta foi a mensagem central deixada aos elementos dos Conselhos Económicos das diferentes comunidades do Arciprestado de Vila Nova Famalicão num encontro de formação promovido pelo Arciprestado que teve lugar no passado sábado, dia 16 de Janeiro, às 21h15, no Centro Pastoral de Famalicão.

Depois da oração inicial e das palavras de acolhimento feitas pelo P.e Francisco Carreira, Vice-arcipreste de Vila Nova Famalicão, dirigidas aos cerca de 100 participantes, entre sacerdotes e leigos, tomou a palavra a primeira das oradoras convidadas. Isabel Machado alertou para “a importância da conservação e da inventariação dos bens patrimoniais das comunidades”, na medida em que estes “constituem não só um rico espólio material, mas são também património que conta a vida e a história de uma paróquia, para além de um importante meio de evangelização”. Numa parte mais prática da sua apresentação, a oradora apresentou exemplos de bens inventariados, desde móveis, alfaias, documentos, entre outros, salientado que “o inventário é uma importante ferramenta de identificação, recuperação, preservação e protecção do património de uma paróquia”.

Para falar sobre órgãos de tubos, e dada a especificidade dos mesmos, a oradora passou a palavra a André Carvalho que, numa breve apresentação, lembrou que estes órgãos são “muito mais que um instrumento, pois envolvem sempre arte e escultura”, constituindo “peças únicas e ricas do património de uma comunidade”.

Numa segunda parte do encontro tomou a palavra outra das oradoras convidadas, Deolinda Marques, a quem coube o tema da formação permanente dos conselheiros. Assim, começando por enfatizar que “os cristãos são o património mais valioso que a Igreja tem”, lembrou que “a missão primordial dos Conselhos Económicos, se prende com a Evangelização, não devendo os mesmos estar apenas focados nas questões económicas, financeiras e imobiliárias da vida de uma comunidade”. Aliás, e como acrescentou, “é mais importante investir em formação do que em betão”, devendo cada conselheiro ser “um verdadeiro anunciador da Fé e da Misericórdia de Deus”.

Socorrendo-se da experiência que viveu, tendo sido “durante 10 anos membro de um Conselho Económico Paroquial”, referiu que “cabe aos conselheiros apoiar e auxiliar o pároco na tomada das diferentes decisões e na realização das mais variadas tarefas, por forma a libertar este para o exercício da sua missão sacerdotal”, garantindo, ao mesmo tempo, que “a comunidade, através dos seus diferentes movimentos (Catequese, Grupo de Jovens, Grupos Corais, entre muitos outros) se mantém viva, ao serviço do anúncio de Jesus Cristo”!

Antes da oração final que fechou o encontrou, tomou a palavra o Arcipreste de Vila Nova de Famalicão, o P.e Armindo Paulo Freitas, que agradeceu a presença de todos, relembrando o papel de cada um, enquanto membro de um Conselho Económico Paroquial, de “ajudar a imprimir uma maior criatividade na vida da sua comunidade, sempre no serviço fiel à Igreja de Jesus”!

 

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 15:51 | link do post | comentar

Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2016

programa encontro de catequistas 2016.jpg

No próximo dia 30 de Janeiro (sábado), a Equipa Arciprestal de Catequese de Vila Nova de Famalicão leva a efeito mais um Encontro Arciprestal de Catequistas. Este encontro, que se realiza uma vez por ano, vai já na sua nona edição, sendo desta feita subordinado ao tema “Catequista: Missão e Misericórdia”, em consonância com a temática proposta pela nossa Arquidiocese de Braga para este ano pastoral, “Fé Anunciada”, e directamente relacionado também com o Ano Santo da Misericórdia proclamado pelo Papa Francisco e vivido actualmente pela Igreja do mundo inteiro.

Trata-se de um momento de formação, partilha e convívio, que este ano pretende proporcionar a todos os catequistas do Arciprestado, a quem se destina, a possibilidade de celebrar o Jubileu da Misericórdia dos Catequistas, contando com a presença do Bispo Auxiliar de Braga, D. Francisco Senra Coelho.

Desta forma, o encontro contará com um momento de oração / reflexão, uma peregrinação e a celebração da Eucaristia, de forma a que todos os presentes possam ser abrangidos pela indulgência papal, tal como o Papa Francisco o propôs com a proclamação do Ano Jubilar da Misericórdia. No entanto, e dado que é importante que este momento esteja unido, em primeiro lugar, ao Sacramento da Reconciliação, todos os catequistas participantes são desafiados, se assim o entenderem, a procurar celebrar previamente, nos dias que antecedem este encontro, o Sacramento da Confissão.

O encontro inicia, assim, às 14h00, com o acolhimento no Centro Paroquial de Calendário, seguindo-se, às 14h30, um momento de oração que enviará, por volta das 15h00, todos os catequistas em Peregrinação Jubilar, rumo à Igreja Nova Matriz de Famalicão. À chegada será celebrada a Eucaristia, por volta das 16h00. Terminada a celebração, segue-se o lanche, às 17h00, no Centro Pastoral de Vila Nova de Famalicão.

As inscrições para participar neste encontro devem ser feitas nas paróquias ou junto da Equipa Arciprestal, por meio de uma ficha preparada para o efeito (uma ficha por paróquia), que deverá ser entregue com a maior brevidade possível. Para qualquer dúvida ou esclarecimento, a equipa pode ser contactada através do e-mail catequesefamalicao@gmail.com.

Deste modo, a Equipa Arciprestal de Catequese apela aos catequistas de todo o Arciprestado para que participem nesta “tarde de formação, mas também de encontro e reencontro, partilha e convívio para todos, podendo usufruir, assim, de mais uma oportunidade para melhor e de forma mais comprometida anunciar a Fé, sentindo-se continuamente enviados por Jesus como discípulos missionários da Misericórdia de Deus”.

 

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 14:16 | link do post | comentar

Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2016

 

“Cantai ao Senhor um cântico novo, cantai ao Senhor, terra inteira, cantai ao Senhor, bendizei o seu nome. Anunciai dia a dia a sua salvação, publicai entre as nações a sua glória, em todos os povos as suas maravilhas.”

(Salmos 95 (96), 1-3)

 

“Saiamos, saiamos para oferecer a todos a vida de Jesus Cristo! (…) Prefiro uma Igreja acidentada, ferida e enlameada por ter saído pelas estradas, a uma Igreja enferma pelo fechamento e a comodidade de se agarrar às próprias seguranças. Não quero uma Igreja preocupada com ser o centro, e que acaba presa num emaranhado de obsessões e procedimentos. Se alguma coisa nos deve santamente inquietar e preocupar a nossa consciência é que haja tantos irmãos nossos que vivem sem a força, a luz e a consolação da amizade com Jesus Cristo, sem uma comunidade de fé que os acolha, sem um horizonte de sentido e de vida.”

 

(Papa Francisco, A Alegria do Evangelho, 49)

 

“Somos chamados a viver de misericórdia, porque, primeiro, foi usada misericórdia para connosco. O perdão das ofensas torna-se a expressão mais evidente do amor misericordioso e, para nós cristãos, é um imperativo de que não podemos prescindir. Tantas vezes, como parece difícil perdoar! E, no entanto, o perdão é o instrumento colocado nas nossas frágeis mãos para alcançar a serenidade do coração. Deixar de lado o ressentimento, a raiva, a violência e a vingança são condições necessárias para se viver feliz.” 

 

(Papa Francisco, Bula de Proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia)

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 16:50 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2016

 

Os membros dos Conselhos Económicos Paroquiais de todas as paróquias do Arciprestado de Vila Nova Famalicão, estão convidados a reunir-se num encontro de formação, no Centro Pastoral de Santo Adrião, em Famalicão, às 21h15 do próximo sábado, dia 16 de Janeiro.

Esta formação, promovida e organizada pelo Arciprestado tem como tema “Conselhos Económicos Paroquiais – Missão e Desafios…”, em consonância com a proposta do Plano Pastoral Arquidiocesano para o presente ano pastoral, dedicado à “Fé Anunciada”.

O encontro conta com o contributo de duas oradoras convidadas. Isabel Machado falará sobre os bens patrimoniais das comunidades, sua conservação e inventariação, enquanto que Deolinda Marques abordará a questão dos registos, assim como a formação permanente dos conselheiros e agentes pastorais.

Deste modo, esta é, certamente, uma oportunidade para os Conselhos Económicos Paroquiais das diferentes comunidades do Arciprestado adquirirem “uma maior e mais profunda consciência da sua missão na Igreja, enquanto agentes evangelizadores, sempre desafiados a anunciar a Fé segundo a beleza dos critérios de um Deus de Misericórdia, pleno de Amor, cuja alegria da Salvação precisa de chegar ao coração de todos os homens.”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:54 | link do post | comentar

Terça-feira, 12 de Janeiro de 2016

IMG_0192.JPG

Realizou-se na passada quarta-feira, dia 6, o já tradicional Encontro de Reis do Clero de Vila Nova Famalicão, que contou também com a presença do Bispo Auxiliar de Braga, D. Francisco Senra Coelho.

O encontro iniciou com a oração de Laudes no Mosteiro de Landim. Depois, já no Real Colégio de Landim, foram dadas as boas vindas aos sacerdotes e diáconos presentes, num total de 35 participantes.

Estando a Igreja do mundo inteiro a viver o Ano Santo da Misericórdia, proclamado pelo Papa Francisco, o encontro prosseguiu com uma palestra dedicada, precisamente, ao tema das Obras de Misericórdia.

Depois deste momento de reflexão procedeu-se à avaliação das últimas actividades realizadas e preparação das várias actividades que irão decorrer ao longo dos próximos meses.

Terminada a reunião com a oração final, o encontro prosseguiu com o tradicional almoço de Reis, em que todos os sacerdotes tiveram oportunidade de confraternizar e viver um momento de descontracção e agradável convívio.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:20 | link do post | comentar

 

“Ouvi então a voz do Senhor, que dizia: «Quem enviarei? Quem irá por nós?» Eu respondi: «Eis-me aqui: podeis enviar-me».”

                                                                                                                                      (Isaías 6, 8)

 

“Se a Igreja inteira assume este dinamismo missionário, há de chegar a todos, sem excepção. Mas, a quem deveria privilegiar? Quando se lê o Evangelho, encontramos uma orientação muito clara: não tanto aos amigos e vizinhos ricos, mas sobretudo aos pobres e aos doentes, àqueles que muitas vezes são desprezados e esquecidos, «àqueles que não têm com que te retribuir» (Lc 14,14). Não devem subsistir dúvidas nem explicações que debilitem esta mensagem claríssima. Hoje e sempre, «os pobres são os destinatários privilegiados do Evangelho», e a evangelização dirigida gratuitamente a eles é sinal do Reino que Jesus veio trazer. Há que afirmar sem rodeios que existe um vínculo indissolúvel entre a nossa fé e os pobres. Não os deixemos jamais sozinhos!”

 

                                                                        (Papa Francisco, A Alegria do Evangelho, 48)

 

“A missão, que Jesus recebeu do Pai, foi a de revelar o mistério do amor divino na sua plenitude. «Deus é amor» (1 Jo 4, 8.16): afirma-o, pela primeira e única vez em toda a Escritura, o evangelista João. Agora este amor tornou-se visível e palpável em toda a vida de Jesus. A sua pessoa não é senão amor, um amor que se dá gratuitamente. O seu relacionamento com as pessoas, que se abeiram d’Ele, manifesta algo de único e irrepetível. Os sinais que realiza, sobretudo para com os pecadores, as pessoas pobres, marginalizadas, doentes e atribuladas, decorrem sob o signo da misericórdia. Tudo n’Ele fala de misericórdia. N’Ele, nada há que seja desprovido de compaixão.”

 

   (Papa Francisco, Bula de Proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia)

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:19 | link do post | comentar

Terça-feira, 5 de Janeiro de 2016

 

“Quando chegou a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher e sujeito à Lei, para resgatar os que estavam sujeitos à Lei e nos tornar seus filhos adoptivos.”

                                                                                                             (Carta aos Gálatas 4, 4-5)

 

“A Igreja «em saída» é uma Igreja com as portas abertas. Sair em direcção aos outros para chegar às periferias humanas não significa correr pelo mundo sem direcção nem sentido. Muitas vezes é melhor diminuir o ritmo, pôr de parte a ansiedade para olhar nos olhos e escutar, ou renunciar às urgências para acompanhar quem ficou caído à beira do caminho. Às vezes, é como o pai do filho pródigo, que continua com as portas abertas para, quando este voltar, poder entrar sem dificuldade.”

 

                                                                       (Papa Francisco, A Alegria do Evangelho, 46)

 

“A misericórdia torna a história de Deus com Israel uma história da salvação. (…) O homem, não só na história mas também pela eternidade, estará sempre sob o olhar misericordioso do Pai.”

 

   (Papa Francisco, Bula de Proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia)

 

Arciprestado de V. N. Famalicão



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:10 | link do post | comentar

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
17
18

19
20
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

Equipa Arciprestal de Cat...

Antiga Matriz de Famalicã...

Clero de Famalicão reunid...

Desperta Esperança!

ARTIGO DO P.E MÁRIO MARTI...

Arciprestado de Famalicão...

Desperta Esperança!

D. Jorge Ortiga visitou e...

Arquidiocese de Braga cel...

Desperta Esperança!

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds