Terça-feira, 25 de Outubro de 2016

prayer-bible.jpg 

“Fazei tudo o que Ele vos disser.” 

(João 2, 5)

 

“A Mãe de Cristo apresenta-se diante dos homens como porta-voz da vontade do Filho, como quem indica aquelas exigências que devem ser satisfeitas, para que possa manifestar-se o poder salvífico do Messias. Em Caná, graças à intercessão de Maria e à obediência dos servos, Jesus dá início à «sua hora». Em Caná, Maria aparece como quem acredita em Jesus: a sua fé provoca da parte dele o primeiro «milagre» e contribui para suscitar a fé dos discípulos.”

       (S. João Paulo II, A Mãe do Redentor, 21)

 

 

Maria,

Rainha das Missões,

Ajuda-nos a perscrutar e a acolher a vontade do teu filho, Jesus,

Para ousarmos viver e amar como Seus discípulos missionários!

 

 

Ave-Maria, cheia de graça,

O Senhor é convosco.

Bendita sois vós entre as mulheres

E Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, Mãe de Deus,

Rogai por nós, pecadores,

Agora e na hora da nossa morte.

Amém.

 

 

Arciprestado de V. N. Famalicão

 



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:25 | link do post | comentar

Quinta-feira, 20 de Outubro de 2016

L1200319.JPG

L1200326.JPG

Tal como tem vindo a acontecer nos últimos anos, a Equipa Arciprestal de Catequese de Vila Nova Famalicão promoveu um encontro destinado aos Catequistas Coordenadores Paroquiais de Catequese de todas as paróquias do Arciprestado, com vista à preparação deste novo Ano Pastoral 2016-2017.

Desta feita, este encontro teve lugar no dia 10 de Outubro, pelas 21h15, no Centro Pastoral de Sto. Adrião, em Famalicão. A reunião contou com a presença dos elementos da Equipa Arciprestal de Catequese, nomeadamente do seu Assistente, o P.e António Loureiro, assim como um grupo de cerca de 50 catequistas coordenadores provenientes de muitas das paróquias do Arciprestado.

O encontro iniciou com uma pequena dinâmica de acolhimento, a que se seguiu um momento de oração. Depois foi tempo de apresentar e/ou recordar todos os objectivos propostos pelo Departamento Arquidiocesano da Catequese (DAC) para o Ano Pastoral 2016-2017. Assim, neste ano subordinado na Arquidiocese de Braga ao tema da “Fé Contemplada”, um Ano Mariano, assinalando também os 100 anos das aparições de Fátima, o plano do DAC tem como título a frase retirada do Evangelho de S. Lucas que serve também de mote a esta temática - “Feliz de ti que acreditaste”. O objectivo geral continua a incidir sobre a importância de “reavivar, purificar, confirmar e confessar a Fé”, concretizável depois através de um objectivo específico, que passa por “com Maria reavivar a Identidade Cristã”. A este propósito foram apontadas algumas linhas de acção, tais como: “Intensificar a meditação da Palavra de Deus nas reuniões de catequistas; Assumir, pelo menos, um dia de recolecção anual; Promover a celebração de festas e solenidades de Nossa Senhora em família; Conhecer e acompanhar melhor cada catequizando.”

Posto isto, foram apresentadas algumas datas importantes para este ano pastoral, destacando-se, desde já, o Encontro Arciprestal de Catequistas, a realizar a 28 de Janeiro de 2017, assim como dois encontros de recolecção, destinados aos catequistas, mas também aos pais, em vésperas do Advento e da Quaresma, respectivamente a 18 de Novembro e a 17 de Fevereiro.

Depois de um tempo aberto ao diálogo onde os presentes tiveram oportunidade de colocar questões, esclarecer dúvidas e/ou apresentar sugestões, o P.e António Loureiro tomou a palavra para agradecer a presença de todos, enfatizando “a importância e a riqueza da missão dos catequistas para que todos possam contemplar, como Maria, as maravilhas da Fé”, terminando o encontro com um breve momento de oração.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:53 | link do post | comentar

Quarta-feira, 19 de Outubro de 2016

mary-the-mother-of-jesus-0081-1800.jpg

“Feliz de ti que acreditaste.” 

(Lucas 1, 45)

 

“A fé de Maria, proclamada por Isabel aquando da Visitação, mostra como a Virgem de Nazaré tinha correspondido ao dom de Deus mesmo”.

        (S. João Paulo II, A Mãe do Redentor, 12)

 

 

Maria,

Senhora da Alegria,

Ensina-nos os caminhos que nos levam ao teu filho, Jesus,

Para que, contigo e como tu, possamos contemplar as maravilhas da Fé!

 

 

 Ave-Maria, cheia de graça,
O Senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres
E Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus,
Rogai por nós, pecadores,
Agora e na hora da nossa morte.

Amém.

 

 

Arciprestado de V. N. Famalicão

 



publicado por arciprestadovnfamalicao às 00:51 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17 de Outubro de 2016

20161007_222118.jpg

A Unidade Pastoral das paróquias de Cabeçudos, Esmeriz e Palmeira, Arciprestado de Vila Nova de Famalicão, promove ao longo deste ano pastoral, e à semelhança dos anteriores, um tempo de Formação Cristã para Adultos. Esta actividade formativa, que ocorre nas primeiras sextas-feiras de cada mês (de Outubro a Maio), tem como grande objectivo ajudar a redescobrir a identidade cristã e o dom da fé, para uma “autêntica e renovada conversão ao Senhor” Jesus Cristo, como propõe o plano pastoral da Arquidiocese de Braga.

O título desta formação é “Caminhamos… com Maria até Jesus!”, pois “é Maria o modelo de discípula, que, aos pés da Cruz de Jesus Cristo, nos ensina a ser fiéis na oração, na contemplação dos mistérios de Deus e na expressão da bondade e misericórdia no quotidiano”. Podemos vê-la como “a mulher crente e fiel que aponta para o valor e a necessidade da celebração da fé na Eucaristia, no encontro com Jesus e na alegria do anúncio do amor ao mundo”. Deste modo, a partir do tema pastoral proposto para o presente ano, a “Fé Contemplada”, esta formação interpela cada um a “olhar de perto para Maria, a primeira discípula missionária, que abre a sua vida à presença de Deus”, procurando desenvolver-se e fomentar a participação dos diversos movimentos e grupos paroquiais e restante comunidade, interpelando-os à vivência mais frequente e próxima da Eucaristia.

Assim sendo, no passado dia 7 de Outubro, sexta-feira, teve lugar o primeiro destes encontros que aconteceu, desta feita, na paróquia de Palmeira, às 21h15, surgindo também integrado na celebração do dia de Nossa Senhora do Rosário, tradicionalmente assinalado de forma especial nesta comunidade.

Depois das boas-vindas dadas pelo pároco, o P.e Nuno Vilas Boas, a todos os presentes, foi tempo de escutar o orador convidado deste encontro, o P.e Francisco Carreira, Vice-Arcipreste de Famalicão, cuja apresentação encontrou mote na seguinte frase proferida por Maria: “Como será isto, se eu não conheço homem?” (Lucas 1,34).

De salientar ainda que este encontro foi enriquecido com a participação activa da Escola de Música de Esmeriz e dos Grupos de Jovens das três paróquias envolvidas, que, através do seu canto, animaram e imprimiram outra alegria ao serão.

Esta iniciativa de formação prossegue agora até Maio de 2017, sendo que os encontros contarão com a presença de oradores que ajudarão a pensar a fé, a partir de várias frases e atitudes de Maria. Procurar-se-á incrementar a dinâmica da Lectio Divina, no estudo e oração da Palavra de Deus, pois “pela fé, Maria acolheu a Palavra do Anjo e acreditou no anúncio de que seria Mãe de Deus na obediência da sua dedicação”, assim como a iniciativa “A Bíblia em nossa Casa”, dinâmica que é fruto ainda vivo do triénio dedicado à Palavra de Deus. Além disso, esta formação pretende ainda reforçar os laços de interparoquialidade e criar uma plataforma mensal de encontro, reflexão e convívio entre as pessoas, para que todos possam, como Isabel, repetir ao longo deste ano pastoral: «feliz de ti que acreditaste» (Lucas 1, 45).

 



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:43 | link do post | comentar

Quinta-feira, 13 de Outubro de 2016

Escola.Ministérios.Arciprestado.jpg

Com o objectivo de melhor preparar e formar aqueles que exercem nas suas comunidades paroquiais os diferentes ministérios litúrgicos, o Arciprestado de Vila Nova de Famalicão, em parceria com a Fundação Real Colégio de Landim, criou uma Escola de Ministérios que se encontra em funcionamento há cerca de dois anos, desde o final de 2014.

Apesar de estar sediada em Landim, na Alameda do Mosteiro, a Escola acolhe alunos de todas as paróquias do Arciprestado de Famalicão, assim como de outras comunidades não pertencentes a este. A Escola tem como responsáveis o P.e Nuno Castro, Delegado Arciprestal da Pastoral Litúrgica e Sacramentos, assim como o professsor André Carvalho, a quem cabe dirigir a formação de âmbito musical.

Com esta iniciativa, o Arciprestado “apela a uma imprescindível formação litúrgica, de modo a que os ministérios se situem e exerçam no conhecimento da própria acção litúrgica, contando com uma séria e aprofundada preparação técnica exigida pelos mesmos”. Deste modo, Leitores, Acólitos, Salmistas e outros, “poderão melhor exercer o seu ministério, no anúncio mais fiel da Palavra de Deus e no serviço mais comprometido da Igreja de Jesus Cristo”.

Neste intuito, esta formação, destinada a pessoas de todas as idades, encontra-se desdobrada em quatro modelos: Curso de Salmistas, Curso de Leitores, Curso de Acólitos e Curso Geral, sendo este último direccionado, sobretudo, para organistas, diretores de coro e de assembleia, entre outros. Além disso, é ainda possível frequentar uma formação mais específica na área musical, relativa à aprendizagem de algum instrumento.

De referir também que os diferentes alunos da Escola de Ministérios formam um Coro, sendo que este realiza um concerto por ano, participando ainda em outras iniciativas do Arciprestado.

Os diferentes cursos têm, por norma, a duração de um ano e as aulas decorrem ao final do dia, durante a semana, e ao sábado à tarde, sendo os horários estabeliecidos de acordo com as disponibilidades dos prodessores e dos alunos.

A frequência dos diferentes cursos é possível após a respectiva inscrição, à qual está associado um determinado custo.

Para inscrições ou para eventuais esclarecimentos e informações mais detalhadas, os interessados deverão contactar a Escola de Ministérios através dos seguintes meios: tlf: 252314888; tlm: 912176942; e-mail: fundacao.real.colegio.landim@hotmail.com; facebook: www.facebook.com/fundacao.real.colegio.de.landim.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 18:18 | link do post | comentar

Segunda-feira, 10 de Outubro de 2016

Cartaz.jpg

 

Por Maria até Jesus

 

“Fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2, 5), afirma-nos Maria, nas Bodas de Caná, apontando-nos o caminho para a verdadeira e autêntica alegria, Jesus Cristo, sobretudo nos momentos em que se acaba o “vinho” da festa e a vida parece não ter sentido nem sabor!

Maria, mulher crente e orante, implicada directamente na História da Salvação e intimamente associada ao mistério de Cristo, é quem melhor nos ensina a descobrir e a contemplar as maravilhas de Deus, do Deus a quem ela se abandona confiadamente, sendo-Lhe fiel até ao fim!

Maria, a Senhora da Alegria, é a mulher “cheia de graça” (Lc 1, 28), animada pelo dom da Fé! “Feliz porque acreditou” (cf. Lc 1, 45), ela é a primeira discípula do seu filho, seguindo-o na obediência e no amor!

Mãe da Igreja e Mãe de todos os homens, também a nós nos guia pela mão, com a candura e os cuidados de mãe atenta, querida, misericordiosa e diligente, para nos conduzir à intimidade e comunhão d’Aquele que gerou no seu seio, Cristo Jesus, o filho de Deus vivo e a plenitude da Revelação divina!  

Por isso, a Fé Contemplada traduz-se neste imperativo de seguirmos com Maria e “Por Maria até Jesus”, percorrendo este caminho da Alegria e para a Alegria!

 

“Fé Contemplada: «Feliz de ti que acreditaste» (Lc 1, 45)” é precisamente o desafio que nos lança neste novo Ano Pastoral, iniciado no passado dia 2, a nossa Arquidiocese de Braga.

Assim, para ajudar cada cristão, cada homem e cada mulher, a continuar, à semelhança dos últimos anos, a redescobrir a sua identidade cristã, isto é, a (re)descobrir as razões da sua Fé, descobrindo e contemplando como Maria as maravilhas de Deus, o Jornal Cidade Hoje, numa iniciativa conjunta com o Arciprestado de Vila Nova Famalicão, publicará em todas as suas edições, ao longo dos próximos meses, um pequeno espaço de reflexão e oração.

Esse espaço será composto, numa primeira parte, por duas frases, sendo que uma delas será sempre da Sagrada Escritura e uma outra será proveniente da Carta Encíclica sobre a bem-aventurada Virgem Maria na vida da Igreja que está a caminho («A Mãe do Redentor»), publicada por S. João Paulo II. A estas frases segue-se uma breve oração, composta por uma prece, terminando sempre com uma Ave-Maria.

Posto isto, estimado leitor, a partir da próxima semana e até ao final de Julho de 2017, poderá encontrar sempre neste espaço, intitulado de “Por Maria até Jesus”, uma interpelação para contemplar a Fé com a confiança, gratidão e fidelidade de Maria!

 

Por Maria até Jesus - Eis o caminho a percorrer por todos os crentes rumo à alegria do encontro pessoal, íntimo e salvífico com o Senhor Jesus! Assim, que este pequeno espaço de reflexão e oração seja o recanto onde nos transformamos de modo a que, como Maria, alcancemos a graça de contemplar as maravilhas da Fé e com ela, a Senhora do Magnificat, possamos exultantes rezar: “A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador” (Lc 1, 46-47).  

 

Arciprestado de V. N. Famalicão

 



publicado por arciprestadovnfamalicao às 19:45 | link do post | comentar

Quinta-feira, 6 de Outubro de 2016

Cartaz.jpg

A Arquidiocese de Braga programou um quinquénio dedicado à temática da Fé, iniciado há quatro anos atrás, aquando da celebração do “Ano da Fé” por parte da Igreja do mundo inteiro. Assim, depois de um primeiro ano subordinado ao tema da “Fé Professada”, um segundo dedicado à dimensão da “Fé Celebrada”, seguindo-se um terceiro sob o lema da “Fé Vivida” e um último sob a alçada da “Fé Anunciada”, toda a Arquidiocese, por meio de todos os seus Arciprestados e paróquias, inicia agora um novo Ano Pastoral, que desta feita se debruça sobre a dimensão da “Fé Contemplada”, a partir da imagem e do testemunho de Maria, pretendendo ser aquilo a que a Arquidiocese chama de “Ano Mariano”.

Assim, serve de mote ao Plano Pastoral para 2016-2017, publicado pela Arquidiocese já em Julho passado, a frase retirada do Evangelho de S. Lucas: “Feliz de ti que acreditaste” (Lc 1, 45), sendo que o objectivo geral se mantém o mesmo ao longo de todo o quinquénio, isto é, “redescobrir a identidade cristã e o dom da fé, para uma «autêntica e renovada conversão ao Senhor» Jesus Cristo”.

Este objectivo geral concretiza-se na prática através de alguns objectivos específicos, a seguir mencionados, também referidos no Plano Pastoral para este ano: “Valorizar a dimensão contemplativa da fé; Estudar a Carta Encíclica sobre a bem-aventurada Virgem Maria na vida da Igreja que está a caminho («A Mãe do Redentor»); Celebrar o Centenário das Aparições de Fátima; Aprofundar as «palavras» (atitudes) de Maria; Acolher a força evangelizadora da piedade popular (mariana); Purificar/Potenciar as peregrinações; Incentivar à oração/contemplação (Rosário) em família”.

Ao centrar-se neste tema e ao traçar os objectivos acima apresentados, a Arquidiocese pretende obter como fruto “Uma contínua descoberta das maravilhas de Deus, seguindo o exemplo de Maria”. Assim, e como refere o Plano Pastoral, citando a “Porta da Fé”, Carta Apostólica com que Bento XVI proclamou o “Ano da Fé”, “pela fé, Maria acolheu a palavra do Anjo e acreditou no anúncio de que seria Mãe de Deus na obediência da sua dedicação. Ao visitar Isabel, elevou o seu cântico de louvor ao Altíssimo pelas maravilhas que realizava em quantos a Ele se confiavam. Com alegria e trepidação, deu à luz o seu Filho unigénito (...). Com fé, Maria saboreou os frutos da ressurreição de Jesus e, conservando no coração a memória de tudo, transmitiu-a aos Doze reunidos com Ela no Cenáculo para receberem o Espírito Santo. (...) Pela fé, vivemos também nós, reconhecendo o Senhor Jesus vivo e presente na nossa vida e na história”.

Deste modo, é a partir desta temática que neste momento o Arciprestado de Vila Nova Famalicão e as suas paróquias estão também a iniciar o novo Ano Pastoral, cuja abertura se assinalou no passado domingo, dia 2 de Outubro, em toda a Arquidiocese.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social

 



publicado por arciprestadovnfamalicao às 23:51 | link do post | comentar

Terça-feira, 4 de Outubro de 2016

Leilão-01.jpg

 

O Movimento “Eu Sou Matriz”, tendo em vista a angariação de fundos para a Matriz Antiga de Vila Nova de Famalicão, promoveu, em Novembro de 2015, uma exposição de pintura, no Espaço Mude, intitulada “Sinais de Fé”. Para potenciar a maior participação dos famalicenses nas obras de restauro e qualificação da Matriz Antiga, o Movimento lançou um desafio aos artistas plásticos, os quais procuraram os “Sinais de Fé” na cidade, expressando-os e interpretando-os através da pintura.

Desses quadros fizeram serigrafias com o objectivo de através da venda das mesmas se obter fundos paras as obras da Matriz Antiga.

Agora estas pinturas estão expostas na Matriz Nova para serem leiloadas. Chamamos a este leilão “Leilão silencioso” porque é feito na discrição dos participantes e durará durante todo o mês de Outubro. Neste caso, não há leiloeiro nem audição das licitações. Os interessados, porém, fazem suas ofertas através de uma ficha.

Deste modo, no regulamento do Leilão Silencioso constam as seguintes orientações: as pinturas estão expostas na Matriz Nova das 8h30 às 12h00 e das 15h00 às 19h45, desde o dia 1 ao dia 31 de Outubro; em lugar assinalado, na Igreja Matriz Nova, há fichas de inscrição, sendo que as mesmas devem ser preenchidas na íntegra (dados pessoais, estando assegurado o tratamento confidencial dos mesmos, e valor da licitação) e colocas na urna preparada para o efeito; por cada quadro licitado, o participante deve fazer uma ficha; se pretender licitar de novo o mesmo quadro, com outro valor, deve fazer nova ficha; cada quadro tem um valor base, sendo que o participante faz a sua licitação apresentando um valor superior ao valor base; o leilão começa no dia 1 de Outubro e termina no dia 31 do mesmo mês; o valor é atualizado diariamente pela licitação mais alta; a licitação mais alta levará o quadro.

Quem desejar obter mais informações deve contactar a entidade organizadora através dos meios habituais (comunidadestoadriao@arquidiocese-braga.pt ou para 252 314279 ou 962 740 789).

 

 



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:14 | link do post | comentar

Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Coordenadores Paroquiais ...

PARA AJUDAR A MELHOR VIVE...

Formação de Adultos desaf...

Movimentos da Acção Catól...

Movimento “Eu Sou Matriz”...

Dia Internacional do Trab...

Arquidiocese de Braga ini...

Antas acolheu em festa o ...

Novo pároco de Antas toma...

Crismandos de várias comu...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds