Sábado, 24 de Dezembro de 2016

15542035_1289971754393932_6798891375161670839_n.jp

 

Rompei brados de alegria!

 

Mais de Dois mil anos de Cristo vivo, no Mundo, na História dos Homens são, para nós cristãos e Homens de boa vontade, uma Boa Notícia. Pois é «uma grande alegria para todo o Povo»!, porque – como diz São João – «o Verbo era a luz verdadeira que vindo a este mundo, ilumina todo o Homem»!

Alegria, portanto, para todos, todos os homens, para cristãos e Homens de boa vontade!

Alegria, diria, antes de mais, para nós, os cristãos. Uma enorme e profunda e divina alegria, porque temos a experiência de um Deus que deixou de ser imaginável e surpreendentemente se fez à nossa medida.

Temos e levamos connosco a notícia de um Deus que não se envergonhou de nós. Que se fez um de nós: «O Verbo fez-se Carne». Ou se quiserem, a notícia de um Deus que se “desfez” da sua grandeza, para chegar até nós e nos levar e elevar até Ele.

De um Deus que é Palavra eterna e se deixou dizer neste nosso tempo e nesta nossa pobre linguagem humana. De modo que o Seu abaixamento das alturas da sua divindade, à pobreza da nossa pequenez, serviu ao engrandecimento e exaltação da nossa humanidade.

Deus preferiu a nossa natureza humana. De modo que, naquele preciso momento e lugar, passados que são mais de dois mil anos e em Belém, o Verbo se fez Carne, o Pai nos enviou o seu Filho, o seu amado Filho!

E «àqueles que O receberam e acreditaram no seu nome deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus». «E somo-lo, de facto»! O que é uma grande alegria para nós!

Alegria também para todos os «Homens de boa vontade», mesmo para aqueles que entendem o Natal como um passe de magia ou como uma história de embalar meninos. Porque, mesmo fora do âmbito da fé, a aparição do Salvador tornou-se fonte de mais humanidade, de maior sentido da nobreza e dignidade desta nossa condição humana. Ainda assim, «a luz brilha nas trevas».

O Natal é, por isso, uma Boa Notícia, uma grande alegria para todo o Povo. Porque o Natal não é uma espécie de retorno à infância, mas sim um acontecimento que nos toca e interpela, precisamente «HOJE». Não somos nós que, agora, no esforço da memória ou na luz da nossa imaginação, conseguimos chegar devotamente ao presépio de Belém de há dois mil anos.

Mas, ao invés, é Belém, é Jesus, que desde há mais de dois mil anos Nasce. E Nasce HOJE para nós, e HOJE chama à nossa porta e nos toca e abençoa no seu amor.

Assim como o Sol, ao nascer cada dia, se torna contemporâneo do homem, voltando a iluminá-lo, a aquecê-lo e tornando o homem mais agradecido, assim Cristo, o Sol nascente, nos ilumina e aquece, desde aquele dia e em cada dia, também em cada noite, da nossa vida humana, para descerrar as trevas do nosso coração.

Só faz falta que abramos os olhos, que nos fixemos neste Menino que, em silêncio, sem fazer ruído, sem se impor, com a indiferença simples das crianças, vem até nós para nos manifestar o esplendor do rosto de Deus.

Há um enorme júbilo, entre os Anjos, no Céu! É Natal! Haja alegria para todos! Porque hoje é Natal! Abri as portas, porque Deus está connosco. É isso o Natal, HOJE!

Votos de um Santo e Feliz Natal para todos os cristãos e todos os Homens de boa vontade.

 

Padre Armindo Paulo da Silva Freitas, Arcipreste



publicado por arciprestadovnfamalicao às 17:44 | link do post | comentar

Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

17
18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo pároco de Antas toma...

Crismandos de várias comu...

Sameiro acolhe encontro d...

Por Maria até Jesus

Clero de Famalicão viveu ...

“Vamos descansar um pouco...

Paróquia de S. Tiago de A...

Por Maria até Jesus

Arcebispo exortou ao acol...

Nomeado novo pároco para ...

arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds