Quinta-feira, 22 de Junho de 2017

L1210993.JPG

 

L1220142.JPG

 

L1220256.JPG

 

Na passada quinta-feira, dia 15 de Junho, Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, realizou-se em Vila Nova de Famalicão a Procissão Arciprestal do Corpo de Deus. Nesta festa litúrgica em que os fiéis evocam com especial atenção a presença real e viva de Jesus Cristo no pão e no vinho do banquete da Eucaristia, este foi enfatizado durante a celebração como “o grande testamento que nos foi deixado pelo Ressuscitado e que nos desafia a ser servidores dos irmãos e da Sua Igreja”.

A celebração, que procurou dar continuidade àquilo que já tem sido uma tradição nos últimos anos, foi presidida pelo Arcipreste de Vila Nova de Famalicão, o P.e Armindo Paulo Freitas. Além disso, contou também com a presença de inúmeros sacerdotes do Arciprestado, de várias comunidades paroquiais do mesmo (representadas pela Cruz paroquial e círios, Bandeiras do Santíssimo Sacramento ou do Sagrado Coração de Jesus e Turíbulo), assim como de um grande e significativo número de fiéis que quis juntar-se a esta manifestação pública de fé e de amor a Jesus Sacramentado. Com início marcado para as 18h00 na Igreja Nova Matriz, a celebração iniciou com a Oração de Vésperas ao Santíssimo, cantadas.

Durante a celebração, na partilha proferida ainda no interior da Igreja, o P.e Armindo Paulo enfatizou que “na última ceia com os discípulos, as palavras de Jesus são o seu testamento para todos nós, confirmando que dará a Sua vida até à última gota de sangue, mas também que ficará sempre connosco, real e sacramentalmente presente, no pão e no vinho da Eucaristia”. Logo, e como acrescentou, “Jesus dá-nos o Seu Corpo através do pão e do vinho, para que todos sejamos um só Corpo. Deus fará morada em cada um de nós, fazendo-nos um com Ele”. Posto isso, o Arcipreste interpelou a todos, lembrando que “como membros desse Corpo, cada um tem de cumprir a sua parte, colocar-se ao serviço, pois, se assim não for, toda a Igreja e toda a comunidade sofrerá”.

Depois disso, deu-se início à procissão que percorreu várias artérias da cidade, finalizando junto à Antiga Matriz, com um breve momento de oração em que todos dirigiram as suas preces a Deus e repousarem os seus corações em Jesus presente na Hóstia Consagrada.

Ao terminar, o Arcipreste agradeceu a todos os presentes, desafiando-os, mais uma vez, “a viver como discípulos de Jesus, servindo e amando, na comunhão do Seu Corpo, penhor de vida e de alegria”.

 

Departamento Arciprestal da Comunicação Social



publicado por arciprestadovnfamalicao às 23:15 | link do post | comentar

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

ARTIGO DO P.E MÁRIO MARTI...

Arciprestado de Famalicão...

Desperta Esperança!

D. Jorge Ortiga visitou e...

Arquidiocese de Braga cel...

Desperta Esperança!

Militantes da LOC/MTC des...

Agentes de Pastoral de Fa...

MENSAGEM DO ARCIPRESTE DE...

Desperta Esperança!

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

facebook
links
blogs SAPO
subscrever feeds